sicnot

Perfil

Mundo

Governo angolano recusa relatório dos EUA sobre violação de direitos humanos

O Governo angolano rejeitou as acusações do departamento de Estado norte-americano sobre violações dos direitos humanos no país africano, onde alegadamente se registam torturas, espancamentos, limites às liberdades de reunião, associação, expressão e imprensa devido à corrupção.

© Stringer . / Reuters

A posição expressa pelo ministro das Relações Exteriores de Angola, Georges Chikoti, refere que o relatório representa apenas a visão dos norte-americanos, que foi igualmente rejeitado por outros países.

Segundo o chefe da diplomacia angolana, Angola partiu de uma situação de guerra e hoje está no processo de construção das suas instituições.

"Podemos ter insuficiências, mas o engajamento do Governo é certamente construir uma sociedade democrática, uma sociedade na qual participa a sociedade civil, os partidos políticos na vida ativa do país", disse Georges Chikoti, citado hoje pelo Jornal de Angola.

O governante angolano sublinhou que em Angola não há presos políticos, "há pessoas julgadas e condenadas por outros motivos ou de violência ou por turbulência, mas não por motivos políticos".

"Angola tem um sistema judicial, que permite, primeiro, a participação de todos, mas quando os casos são julgados em tribunal, nunca houve nenhuma pessoa que tenha sido condenada por violação da liberdade política angolana", acrescentou o ministro.

"Os três abusos dos direitos humanos mais importantes são a punição cruel, excessiva e degradante, incluindo casos de tortura e espancamento, limites às liberdades de reunião, associação, expressão e de imprensa, e corrupção oficial e impunidade", lê-se no relatório do departamento de Estado divulgado na semana passada.

Lusa

  • Militar ferido com gravidade em acidente com Pandur
    1:19

    País

    O acidente em Vila Real que envolveu uma viatura militar fez três feridos. Uma das vítimas ficou em estado grave e teve de ser transportada de helicóptero para o Hospital Santo António do Porto. O militar ficou encarcerado no veículo blindado, o que dificultou os trabalhos de socorro.

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    A capital da Itália foi esta manhã sacudida por três sismos em apenas uma hora, de entre 5,3 e 5,7 na escala de Richter, não havendo até ao momento registo de vítimas.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".