sicnot

Perfil

Mundo

Pessoas obcecadas com gramática são menos simpáticas

As pessoas obcecadas pela gramática são menos simpáticas que todas as outras. É a conclusão de um estudo da Universidade do Michigan, nos EUA, publicado na revista PLOS One.

O estudo envolveu mais de 80 participantes, a quem foi pedido que lessem respostas de email a um anúncio para colega de quarto e que "avaliassem" quem o tinha escrito nos critérios sociais e académicos.

Os cientistas Julie Boland e Robin Queen relacionam a introversão e a extroversão com a forma como os erros gramaticais são percecionados.

"As pessoas mais extrovertidas tendem a deixar passar os erros escritos que fazem os introvertidos julgar mais negativamente as pessoas que cometeram esses erros. As pessoas menos agradáveis são mais sensíveis aos erros gramaticais", afirma o estudo.

De acordo com o professor de Linguística da Universidade de Nova Iorque Gregory Guy, esta conclusão não é inteiramente nova.

"A ideologia da correção e da precisão está constantemente a confrontar a realidade linguística, que tem uma grande diversidade, por isso imagino que os traços de personalidade se correlacionam com as atitudes de linguagem", explicou à Mashable.

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.