sicnot

Perfil

Mundo

Polícia entrega pizza para prender chefe da máfia italiana

Um elemento da máfia italiana foi preso este sábado, em Caserta, perto de Nápoles, por um polícia disfarçado de distribuidor de pizza durante o jogo de futebol entre o Nápoles e o Inter. De acordo com a polícia napolitana, trata-se de Roberto Manganiello, um dos criminosos mais procurados pelas autoridades desde 2013 .

© Tony Gentile / Reuters

Acusado em 2004 de assassinar dois homens de um grupo mafioso rival, é também acusado de porte ilegal de arma e de associação com grupos de caráter mafioso.

Mangiello, de 35 anos, assistia ao jogo de futebol com a namorada e não terá oferecido resistência à detenção.

Entretanto, o ministro do Interior Angelino Alfano já referiu em comunicado que a detenção foi um "êxito, devido a um trabalho de investigação de alto nível" por parte das autoridades.

  • Trabalhos no viaduto terminaram, mas trânsito continua condicionado em Alcântara
    1:23

    País

    Não há, para já, previsão para o restabelecimento da normalidade em Alcântara. Os trabalhos para colocar o viaduto de Alcântara na posição correta, depois do desvio registado num pilar, decorreram esta madrugada. O trânsito mantém-se por isso condicionado no sentido Cascais-Lisboa, como explicou o repórter da SIC, Paulo Varanda.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.