sicnot

Perfil

Mundo

Refugiado iraquiano nos EUA expulso de avião por falar árabe

Um estudante universitário foi expulso de um avião nos Estados Unidos porque estava a falar árabe. O número de muçulmanos vítimas de discriminação no país de acolhimento está a aumentar, revela o New York Times.

© Lucy Nicholson / Reuters

Khairuldeen Makhzoomi é um refugiado iraquiano de 26 anos a estudar na Universidade da Califórnia. A 6 de abril fazia a ligação aérea entre Los Angeles e Oakland quando uma passageira se assustou ao ouvi-lo falar árabe ao telefone. Um funcionário da Southwest Airlines obrigou-o a abandonar o avião.

"Isto é o que a islamofobia está a fazer a este país", lamentou Makhzoomi ao funcionário.

A diretora do Conselho para as Relações Americano-Islâmicas, Zahra Billoo confirmou ao New York Times que já aconteceram pelo menos seis situações semelhantes este ano. Nesta mesma companhia outro passageiro muçulmano foi expulso do avião na semana anterior.

"Estamos preocupados com o crescente número de muçulmanos alvo de discriminação quando tentam viajar", disse Billoo.

A companhia aérea apenas disse que lamenta a situação.

  • Cristas acusa Costa de mentir sobre acordo da concertação social
    3:01

    Economia

    A presidente do CDS acusou esta terça-feira o primeiro-ministro de mentir no debate quinzenal, ao dizer que o acordo da concertação social já estava assinado. Foi o momento mais aceso, com Assunção Cristas a dizer que António Costa não tem condições para chefiar o Governo.

  • Trump prestará juramento com a duas bíblias

    Mundo

    Donald Trump prestará juramento, na próxima sexta-feira, como o 45.º Presidente dos Estados Unidos, usando duas Bíblias - a sua, oferecida pela sua mãe, e a que Abraham Lincoln usou na sua posse, há 150 anos.

  • Esta foto pode salvar a sua vida

    Mundo

    Podemos até estar familiarizados com os sinais do cancro da mama, mas quando se trata de identificar sintomas visuais nos nossos próprios seios, já não é tão fácil. Por isto, uma designer resolveu mostrar como descobrir sinais através de uma ajuda improvável: limões.

    Rita Ferro Alvim