sicnot

Perfil

Mundo

Refugiado iraquiano nos EUA expulso de avião por falar árabe

Um estudante universitário foi expulso de um avião nos Estados Unidos porque estava a falar árabe. O número de muçulmanos vítimas de discriminação no país de acolhimento está a aumentar, revela o New York Times.

© Lucy Nicholson / Reuters

Khairuldeen Makhzoomi é um refugiado iraquiano de 26 anos a estudar na Universidade da Califórnia. A 6 de abril fazia a ligação aérea entre Los Angeles e Oakland quando uma passageira se assustou ao ouvi-lo falar árabe ao telefone. Um funcionário da Southwest Airlines obrigou-o a abandonar o avião.

"Isto é o que a islamofobia está a fazer a este país", lamentou Makhzoomi ao funcionário.

A diretora do Conselho para as Relações Americano-Islâmicas, Zahra Billoo confirmou ao New York Times que já aconteceram pelo menos seis situações semelhantes este ano. Nesta mesma companhia outro passageiro muçulmano foi expulso do avião na semana anterior.

"Estamos preocupados com o crescente número de muçulmanos alvo de discriminação quando tentam viajar", disse Billoo.

A companhia aérea apenas disse que lamenta a situação.

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite