sicnot

Perfil

Mundo

Sete pessoas morreram e 3 600 estão desalojadas devido a tempestades no Uruguai

Tempestades e cheias no Uruguai já causaram a morte de sete pessoas e obrigaram 3 600 a deixar as suas casas nos últimos dias, informaram as autoridades no domingo.

A localidade mais duramente atingida foi Rosario, a 130 quilómetros da capital, Montevideu.

A localidade mais duramente atingida foi Rosario, a 130 quilómetros da capital, Montevideu.

© Andres Stapff / Reuters

Quatro pessoas morreram quando um tornado atingiu a cidade de Dolores, na sexta-feira, e outras três perderam a vida ao tentarem atravessar rios inundados na região, de acordo com dados oficiais.

O Presidente Tabare Vazquez declarou dia de luto nacional no domingo.

"Vamos reconstruir Dolores", prometeu, em declarações transmitidas pela rádio.

Diversos edifícios ficaram destruídos na cidade, de acordo com a agência AFP.

O Sistema Nacional de Emergência elevou no domingo o número de pessoas forçadas a deixar as suas casas após os rios transbordarem.

O número de deslocados foi, assim, elevado dos 2 mil indicados no início do dia para 3 600.

A localidade mais duramente atingida foi Rosario, a 130 quilómetros da capital, Montevideu.

O rio Rosario transbordou, cortando a estrada nacional que liga Montevideu à cidade turística de Sacramento de Colonia e à capital argentina, Buenos Aires.

Lusa

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.