sicnot

Perfil

Mundo

Dinossauros já estavam condenados antes do impacto de asteroide

Os dinossauros já estavam em declínio 50 milhões de anos antes de impacto dos asteroides que acabou por extingui-los, revela um novo estudo.

© Charles Platiau / Reuters

Pela análise de fósseis, paleontólogos britânicos determinaram que os dinossauros já estavam em declínio por não se adaptarem às alterações climáticas. A espécie começou por evoluir muito depressa há 231 milhões de anos mas, há 160 milhões de anos, as condições começaram a mudar e, há 120 milhões de anos, o número de dinossauros começou a diminuir.

"Apesar de ter sido extintos pelo impacto do asteroides, eles já estavam a desaparecer cerca de 50 milhões de anos antes", afirmou à BBC Manabu Sakamoto, paleontólogo da Universidade de Reading, no Reino Unido, um dos autores do estudo publicado em Proceedings of the National Academy of Sciences.

O declínio começou por ser mais evidente nos gigantes saurópodes, enquanto os terópodes - o grupo de dinossauros que inclui o icónico Tyrannosaurus rex - diminuíram mais lentamente.

"A teoria em vigor é a de que os dinossauros habitavam a Terra até ao exacto momento do impacto [do asteroide] e que foi esse impacto que levou à sua extinção", disse à BBC o co-autor do estudo Chris Venditt. "Até certo ponto é correcto, mas descobrimos que o declínio começou muito antes".

Este biólogo da evolução acredita que os dinossauros estavam assim mais susceptíveis às alterações provocadas pelo impacto do asteroide. "Se eles ainda estivessem no seu auge, talvez conseguissem sobreviver", refere o cientista.

  • Ministro garante segurança nas escolas com uso de poliuretano
    0:52

    País

    O ministro da Educação garante que as escolas estão em segurança e que não há perigo com um material como o poliuretano. Tiago Brandão Rodrigues respondia, esta quarta-feira, a uma pergunta dos Verdes sobre a substituição de amianto nas escolas.

  • Estoril garante que estrutura da bancada não está em causa
    2:23

    Desporto

    O Laboratório Nacional de Engenharia Civil deverá emitir esta quinta-feira um parecer preliminar sobre a bancada norte do estádio do Estoril-Praia. O clube garante que a estrutura não está em causa e que, tal como a câmara de Cascais, aguarda por conclusões para uma edificação feita no vale da Amoreira.

  • "Quem me dera que a bancada do Estoril fosse com o c......"

    Desporto

    Depois da polémica no jogo entre Estoril-Praia e FC Porto, um cântico polémico da claque do Sporting sobre a bancada do estádio António Coimbra da Mota que obrigou à interrupção do jogo da passada segunda-feira. Tudo aconteceu durante um jogo do campeonato de hóquei em patins entre leões e dragões.

  • Ronaldo estará mesmo de saída do Real Madrid
    2:01
  • Várias alternativas para vender a sua casa
    8:58
  • Encontradas 86 pedras preciosas numa casa em Albufeira
    0:48
  • Registada em vídeo explosão de meteoro nos EUA
    0:42
  • "A Rússia não nos ajuda nada na Coreia do Norte"

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, condenou esta quarta-feira a postura da Rússia sobre a situação da Coreia do Norte, afirmando que o país está a minar os esforços internacionais em curso para isolar o regime de Kim Jong-Un.

  • Polícia descobre arte de esconder 750 quilos de droga em ananases
    2:25
  • Moscovo só teve seis minutos de luz solar em dezembro

    Mundo

    Os portugueses estão tão habituados ao sol, que nunca imaginariam passar um mês inteiro sem ele. O fenómeno aconteceu na capital russa. Moscovo bateu o recorde em dezembro, quando passou o mês inteiro sem luz solar direta. As pessoas de Moscovo viram o sol apenas durante seis minutos e a espreitar timidamente por entre as nuvens.

  • A maior lua de Saturno tem nível do mar tal como a Terra

    Mundo

    Titã, a maior lua de Saturno, tem uma altura média da superfície do mar, tal como a Terra, revela um estudo divulgado esta quarta-feira, que se baseia em observações feitas pela sonda norte-americana Cassini, cuja missão terminou em setembro.