sicnot

Perfil

Mundo

Três membros de família indiana mortos após alegada ligação a sacrifícios humanos

Três membros de uma família indiana foram mortos no domingo depois de trancados numa casa por desconhecidos, que a incendiaram de seguida, na sequência de rumores que davam conta de envolvimento em sacrifícios humanos, indicou hoje a polícia local.

Arquivo Reuters

Segundo Kartih S., chefe da polícia do distrito de Lohardaga, no Estado de Jharkhand, as autoridades policiais indianas prenderam domingo, após o incidente, pelo menos dez homens, depois de centenas de habitantes locais armados com bastões e armas pontiagudas terem atacado a família vitimada.

"Correu o rumor de que teriam raptado crianças para sacrifícios humanos. Logo depois, deu-se o ataque", acrescentou Kartik, adiantando que as autoridades policiais conseguiram resgatar cinco outros membros da mesma família da residência situada em Lohardaga, a 75 quilómetros de Ranchi, capital estadual.

O chefe da polícia local referiu que vários elementos da população local acusaram de feitiçaria o chefe da família vitimada, Gowardhan Bhagat.

Segundo a imprensa local, Bhagat esteve preso há alguns anos, alegadamente por ter decapitado um cidadão local, o que alimentou os receios do seu envolvimento em rituais satânicos.

"Não temos qualquer prova de que (Bhagat) tenha raptado crianças para rituais de sacrifício humano", garantiu Kartik, acrescentando que a polícia está a investigar se o ataque foi orquestrado devido a vinganças pessoais.

Cerca de 2.100 pessoas, na maioria mulheres, foram mortas na Índia entre 2000 e 2012 após terem sido acusadas de bruxaria, segundo dados do Gabinete Nacional de Registo de Crimes.

Alguns estados indianos, incluindo o de Jharkhand, criaram legislação especial para tentar dissuadir os crimes desta natureza.

No entanto, há indicações de sacrifícios humanos ocasionais nas zonas rurais e remotas da Índia.

Segunda-feira, a polícia de Nova Deli resgatou um bebé de quatro meses e deteve três homens, um deles o próprio tio, alegadamente vendida a feiticeiro para sacrifício.

  • Marcelo lembra as consequências da demissão de Vítor Gaspar
    1:06

    Caso CGD

    O Presidente da República reitera que o assunto Caixa Geral de Depósitos está fechado. Em entrevista à TVI, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou esta segunda-feira as consequências que a demissão de Vítor Gaspar, ministro das Finanças em 2013, provocou no sistema financeiro para justificar o facto de ter intervindo na polémica com as SMS trocadas entre Mário Centeno e António Domingues.

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne, capital da Austrália. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Pelo menos 18 detidos em protestos no Rio de Janeiro

    Mundo

    Pelo menos 18 pessoas foram esta segunda-feira detidas no Rio de Janeiro, Brasil, depois de confrontos com a polícia durante um protesto contra a privatização da empresa pública de saneamento, que serve o terceiro estado mais povoado do país.

  • O momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado
    1:21

    Mundo

    A investigação ao homicídio do meio-irmão do líder da Coreia do Norte no aeroporto da capital da Malásia está a provocar uma crise diplomática entre os dois países. Esta segunda-feira, um canal de televisão japonês divulgou imagens das câmaras de vigilância do aeroporto que alegadamente captam o momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.