sicnot

Perfil

Mundo

Turista capta imagem fantasmagórica no hotel do filme "Shining"

Jack Nicholson na pele de um escritor alucinado que aterroriza a família num inóspito hotel com atividade paranormal. O filme de terror psicológico, realizado por Stanley Kubrick, tornou-se famoso à escala mundial, nos anos 80. Quase 30 anos depois, o local que inspirou o filme volta a dar que falar: um turista captou recentemente uma imagem no Stanley Hotel, que mostra duas "aparições fantasmagóricas" nas escadas.

"Meu Deus! Acho que captei um fantasma no Stanley Hotel", escreveu Henry Yau na sua conta de Instagram. Na imagem, consegue ver-se uma mulher e terá uma criança atrás de si.

Segundo contou à KPRC2, estava a visitar a zona e quis conhecer o hotel que inspirou o filme. Diz que esperou prepositadamente que ninguém estivesse nas escadas, antes de tirar a fotografia.

"Quando a tirei, não reparei em nada", conta.

Segundo o autor Stephen King, ele próprio foi inspirado a rescrever o argumento do filme "The Shining", celebrizado por Jack Nicholson, depois de ter passado uma noite, com a mulher, no Hotel Stanley - onde foi filmado.

"Nós éramos os únicos hóspedes. No dia seguinte, iam fechar o edifício durante o inverno. A vaguear pelos corredores, pensei que era o local ideal para uma história fantasmagórica", escreveu King.

O hotel, aberto em 1909, tem há muito fama de ser "assombrado", reputação assumida no próprio site do Stanley:

"Depois de um século a colecionar espíritos, o hotel ficou famoso entre especialistas da atividade paranormal como um dos locais do país mais ativo".

  • Taxa de desemprego abaixo dos 10%

    Economia

    A taxa de desemprego em fevereiro ficou afinal nos 9,9%. O Instituto Nacional de Estatística reviu o indicador em baixa de 0,1 pontos percentuais, esta sexta-feira. É o valor mais baixo desde fevereiro de 2009.

  • "Tanolas" tem cadastro criminal e já foi condenado a pena suspensa
    0:55
  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
  • Dijsselbloem não comenta hipótese de ser substituído por Mário Centeno
    2:41

    Mundo

    Jeroen Dijsselbloem diz que cabe ao Governo português avançar com o nome de Mário Centeno para a presidência do Eurogrupo, mas não comenta a sondagem que foi feita ao ministro das Finanças português. Ouvido esta quinta-feira no Parlamento Europeu, o Presidente do Eurogrupo esteve no centro das críticas e reafirmou que não se demite.