sicnot

Perfil

Mundo

Desconhecidos atacaram canal de televisão estatal na Venezuela

A sede da Venezuelana de Televisão (VTV), o principal canal de televisão estatal da Venezuela, foi hoje atacada por homens ainda não identificados, afirmou o ministro da Comunicação e Informação venezuelano, Luís José Marcano.

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

"Outra expressão de ódio contra a VTV, as instalações acabam de ser atacadas", disse o ministro aos jornalistas, sem precisar de que forma foi realizado o ataque.

O ataque, segundo imagens divulgadas pelo ministro no Twitter, causou danos materiais na área da entrada do edifício, em Caracas.

"Uma vez mais os nossos vizinhos demonstraram o seu caráter fascista provocando danos nas nossas instalações", frisou, sem especificar a quem se referia, ao mesmo tempo que exortou as autoridades locais a avançarem rapidamente com as investigações para identificarem os responsáveis pelo ataque.

Segundo o ministro, a agressão "é uma expressão de ódio contra VTV, contra o 'chavismo', contra a revolução, contra a paz".

Por outro lado, o presidente de VTV, Jordán Rodrígues, disse aos jornalistas que aquela estação de televisão foi alvo de ataques em 2004, 2007, 2013 e 2014, durante manifestações contra o Governo venezuelano.

"Não importa quantas pedras nos atirem. Vamos continuar aqui, na batalha comunicacional, para gerar maior consciência no povo venezuelano", disse aos jornalistas daquela estação.

Jordán Rodríguez recordou que no passado o canal foi encerrado por opositores, durante os acontecimentos de abril de 2012, em que Hugo Chávez (Presidente da Venezuela entre 1999 e 2013) foi afastado temporariamente do poder.

"Nunca mais voltarão a encerrar esta estação televisiva e continuaremos a ser a expressão popular do povo revolucionário e daremos voz aos que são invisíveis para os meios de comunicação privados", disse.

Lusa

  • Dois em cada três idosos em Portugal são sedentários

    País

    É a camada da população mais inativa e com comportamentos que revelam um estilo de vida menos saudável, segundo um estudo divulgado hoje, que analisou os dados de mais de 10.600 portugueses representativos da população, entre os quais mais de 2.300 pessoas com mais de 65 anos.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • O que muda com a saída do Procedimento por Défice Excessivo?
    2:10
  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • Marcelo opta pelo silêncio sobre a eutanásia
    1:09

    Eutanásia

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que só tomará uma posição sobre a eutanásia quando o diploma chegar a Belém. O chefe de Estado garante que vai ficar em silêncio, para não condicionar o debate e também "para ficar de mãos livres para decidir".