sicnot

Perfil

Mundo

Desconhecidos atacaram canal de televisão estatal na Venezuela

A sede da Venezuelana de Televisão (VTV), o principal canal de televisão estatal da Venezuela, foi hoje atacada por homens ainda não identificados, afirmou o ministro da Comunicação e Informação venezuelano, Luís José Marcano.

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

"Outra expressão de ódio contra a VTV, as instalações acabam de ser atacadas", disse o ministro aos jornalistas, sem precisar de que forma foi realizado o ataque.

O ataque, segundo imagens divulgadas pelo ministro no Twitter, causou danos materiais na área da entrada do edifício, em Caracas.

"Uma vez mais os nossos vizinhos demonstraram o seu caráter fascista provocando danos nas nossas instalações", frisou, sem especificar a quem se referia, ao mesmo tempo que exortou as autoridades locais a avançarem rapidamente com as investigações para identificarem os responsáveis pelo ataque.

Segundo o ministro, a agressão "é uma expressão de ódio contra VTV, contra o 'chavismo', contra a revolução, contra a paz".

Por outro lado, o presidente de VTV, Jordán Rodrígues, disse aos jornalistas que aquela estação de televisão foi alvo de ataques em 2004, 2007, 2013 e 2014, durante manifestações contra o Governo venezuelano.

"Não importa quantas pedras nos atirem. Vamos continuar aqui, na batalha comunicacional, para gerar maior consciência no povo venezuelano", disse aos jornalistas daquela estação.

Jordán Rodríguez recordou que no passado o canal foi encerrado por opositores, durante os acontecimentos de abril de 2012, em que Hugo Chávez (Presidente da Venezuela entre 1999 e 2013) foi afastado temporariamente do poder.

"Nunca mais voltarão a encerrar esta estação televisiva e continuaremos a ser a expressão popular do povo revolucionário e daremos voz aos que são invisíveis para os meios de comunicação privados", disse.

Lusa

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura ao Governo

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC

  • A cadela que desistiu da CIA para ir "perseguir esquilos e coelhos"

    Mundo

    Nem todos os cães têm aptidão para combater o crime. Este é o caso de Lulu, uma cadela que estava a treinar para ser agente da CIA, mas que acabou por entrar na reforma ainda durante os treinos. Através do Twitter, a agência norte-americana anunciou na semana passada que Lulu já não iria treinar mais e que tinha sido adotada pelo agente que a treinava.

    SIC

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC