sicnot

Perfil

Mundo

Número de mortos por inundações no Texas sobe para oito

O número de mortos devido às inundações no Texas (EUA) subiu para oito depois de as autoridades confirmarem três novos casos na cidade de Houston e arredores, a zona mais afetada.

© Ilana Panich Linsman / Reuter

A maioria das vítimas morreu afogada no interior dos seus veículos após ser surpreendida pela água.

As equipas de emergência encontraram na terça-feira um corpo preso no interior de uma carrinha no mesmo local onde na segunda-feira tinha desaparecido um homem, que as autoridades davam como morto.

Na autoestrada interestatal 610 morreram, na segunda-feira, outras duas pessoas, em casos separados.

Na madrugada de terça-feira, as equipas de emergência resgataram também o corpo de uma mulher de 43 anos, preso no interior de um veículo cheio de água.

As autoridades informaram ainda de outra morte no condado de Austin.

Estas mortes somam-se às já confirmadas na segunda-feira, também em Houston, de dois homens, um camionista que se afogou no seu veículo, e outro de identidade desconhecida.

Finalmente, um professor morreu durante a noite de domingo no condado de Waller, quando se deslocava a casa dos seus pais para os colocar a salvo da inundação.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.