sicnot

Perfil

Mundo

ONU começa a retirar feridos e doentes de quatro cidades sitiadas na Síria

A ONU começou hoje a aplicar um plano de retirada de 500 pessoas, principalmente feridos ou doentes, de quatro cidades sitiadas pelas forças do regime ou pelos rebeldes, segundo a agência France Presse.

© Bassam Khabieh / Reuters

O primeiro autocarro, com 15 jovens e 10 idosos, deixou ao final da tarde a localidade rebelde de Zabadani, a oeste de Damasco, segundo a mesma fonte.

Uma fonte militar indicou que 225 outras pessoas serão retiradas da localidade rebelde vizinha de Madaya.

As pessoas retiradas de Zabadani foram examinadas por uma equipa médica à saída da cidade e antes de entrarem no autocarro.

Ao mesmo tempo, segundo uma fonte da segurança no terreno, autocarros deixavam as localidades xiitas de Foua e Kafraya, cercadas pelos rebeldes na província de Idleb (noroeste da Síria), com feridos e as suas famílias. Deverão ser retiradas das duas cidades 250 pessoas.

A retirada dos civis sírios é realizada no quadro de um acordo mediado pelo Crescente Vermelho entre os rebeldes e o regime, informou o Observatório Sírios dos Direitos Humanos.

Lusa

  • Milhares protestam contra Donald Trump no Dia do Presidente
    1:55

    Mundo

    Milhares de pessoas voltaram a protestar contra Donald Trump, nos Estados Unidos da América. As marchas em várias cidades aconteceram no feriado que assinala o Dia do Presidente. Os manifestantes exigiram a destituição do chefe de Estado.

  • O mistério da morte do meio irmão de Kim Jong-un
    2:32
  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Homens e mulheres nas tarefas domésticas
    2:09

    País

    Nas gerações mais novas, já há sinais de mudança na divisão e partilha de tarefas em casa. No entanto, entre os mais velhos, as tarefas de casa são quase sempre obrigação da mulher. A igualdade entre homens e mulheres é ainda miragem dentro de casa e em termos de salários.