sicnot

Perfil

Mundo

UE propõe que ucranianos passem a viajar sem visto na Europa

A União Europeia propôs hoje que os cidadãos ucranianos passem a viajar sem visto na Europa, cumprindo uma promessa feita ao Governo pró-ocidental de Kiev.

© Valentyn Ogirenko / Reuters

"Hoje, cumprimos o nosso compromisso de propor viagens de curta duração para a União Europeia sem visto para cidadãos ucranianos com passaportes biométricos", disse o comissário europeu para a Migração, Dimitris Avramopoulos, em conferência de imprensa em Bruxelas.

"Este é o resultado do êxito do Governo ucraniano na concretização de reformas profundas e difíceis nas áreas da Justiça e dos Assuntos Internos e noutras", acrescentou.

Avramopoulos indicou que a Comissão Europeia, o braço executivo da UE, vai apresentar formalmente a proposta aos Estados membros, que depois a votarão.

A isenção de visto para viajar é um marco na chamada Parceria de Leste, concebida para atrair países do leste europeu para a esfera de influência da UE.

O parlamento da Ucrânia aprovou no mês passado uma importante lei anticorrupção que levou à decisão de Bruxelas sobre a isenção de visto.

O Presidente ucraniano, Petro Poroshenko, disse hoje que foi "um longo e árduo caminho" para chegar a este ponto e que esperava obter um acordo sobre viagens sem visto "dentro de alguns meses".

Um tal acordo pode revelar-se particularmente irritante para Moscovo, cujos esforços para garantir a entrada e a circulação na UE sem visto, mesmo que apenas para empresários, se arrastaram durante anos, antes de caírem vítimas da crise ucraniana.

A União Europeia suspendeu as negociações de liberalização de vistos com a Rússia no início do ano passado, quando adotou medidas punitivas, que mais tarde incluiriam fortes sanções económicas, devido ao papel de Moscovo na agudização da crise da Ucrânia.

Lusa

  • Pablo Bravo: o chileno suspeito de um assalto milionário em Gaia
    6:01

    País

    As autoridades receiam um aumento da violência nos assaltos de redes sul-americanas em Portugal, à semelhança do que tem acontecido noutros países europeus. Pablo Bravo é um chileno com um longo cadastro criminal que, em Portugal, é suspeito de um assalto milionário a um hipermercado, em Gaia e, dias depois, foi detido em flagrante, em Paris, a tentar roubar uma loja de relógios de luxo.

    Notícia SIC

  • Obras para as novas instalações da SIC já começaram
    1:54

    País

    As obras do novo estúdio da SIC e SIC Notícias vão começar. A ampliação do edifício do grupo Impresa vai unir os funcionários do grupo num único espaço, com uma área de 750 metros. O Presidente da Câmara de Oeiras entregou esta terça-feira a licença de obra.

  • Já há destinos esgotados para o Carnaval e Páscoa
    3:08

    Economia

    A procura de viagens na altura do Carnaval e Páscoa tem vindo a aumentar e vários destinos já estão esgotados já que muitas pessoas optam por tirar dias de férias nesta altura do ano. Em contagem decrescente, as agências de viagens não têm tido mãos a medir com promoções e ofertas para destinos variados e adequados a várias bolsas.

  • As crianças que estão a morrer à fome em África

    Mundo

    A UNICEF alertou esta terça-feira que a má nutrição aguda que afeta a Nigéria, Somália, Sudão do Sul e Iémen coloca este ano em "iminente" risco de morte 1,4 milhões de crianças devido à fome que existe naqueles países. São milhares de casos de um incessante desespero numa luta diária pela sobrevivência.

  • Cães desfilam no Rio de Janeiro
    1:00

    Mundo

    O tradicional cortejo de Carnaval brasileiro só acontece daqui a uns dias, mas no Rio de Janeiro já há inúmeros desfiles pelas ruas. Na praia de Copacabana, os animais mascararam-se de humanos.