sicnot

Perfil

Mundo

Annie Leibovitz fotografa rainha de Inglaterra

GALERIA DE FOTOS

O Reino Unido está hoje em festa, Isabel II faz 90 anos. O aniversário está a ser marcado pela divulgação de uma série de retratos da monarca, da famosa fotógrafa Annie Leibovitz.

Annie Leibovitz

Annie Leibovitz

Annie Leibovitz

Num dos retratos, Isabel II surge ao lado dos netos mais novos e dos bisnetos. No colo da rainha está a princesa Charlotte, de 11 meses.

Os retratos de Annie Leibovitz mostram ainda a rainha ao lado da filha, a Princesa Ana, e num momento ao ar livre, acompanhada pelos cães.

Para além destes retratos, já tinha sido divulgada uma fotografia oficial de Isabel II com os herdeiros da coroa, com destaque para o bisneto George, que vai aparecer num selo real, pela primeira vez.

Isabel II é a monarca mais velha do mundo e há mais tempo no trono.

  • Isabel II faz 90 anos
    4:49

    Mundo

    Isabel II faz 90 anos esta quinta-feira. É a monarca mais velha do mundo e a recordista num trono. A rainha nasceu em 1926 e é filha dos duques de York. Isabel casou com Philip, que recebeu o título de Duque de Edimburgo, com quem teve quatro filhos. A monarca chefia o Governo britânico e preside à Commonwealth e é rainha de 16 países. Durante o seu reinado já trabalhou com 12 primeiro-ministros britânicos e 12 Presidentes dos Estados Unidos.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.