sicnot

Perfil

Mundo

FBI paga mais de um milhão de dólares para desbloquear um iPhone

A Polícia Federal norte-americana (FBI) pagou mais de um milhão de dólares a 'hackers' para desbloquear o iPhone de um dos autores do atentado em San Bernardino, revelou hoje o diretor do FBI, James Comey.

© Regis Duvignau / Reuters

A Apple encontrou-se, este ano, no centro de um confronto com a justiça americana, por se recusar a ajudar a policia norte-americana a contornar as medidas de segurança para aceder ao conteúdo encriptado do iPhone, incluindo um pertencente a um dos autores do atentado em San Bernardino, na Califórnia, que resultou em 14 mortos no dia 02 de dezembro.

O processo judicial relativo ao caso de San Bernardino foi abandonado quando o FBI foi capaz de desbloquear o dispositivo, recorrendo a piratas informáticos exteriores à Apple.

De acordo com James Comey, estes processos levaram à criação de um "mercado mundial" para piratear o sistema operacional iOS 9, do modelo iPhone 5C utilizado por Syed Farook, que morreu com sua a mulher num tiroteio com a polícia após o seu ataque.

"Um processo criminal não é o melhor lugar para resolver questões importantes de valores que envolvem todos os tipos de coisas que são importantes para nós. Temos de encontrar formas de coexistir com a privacidade e segurança na internet e nos nossos dispositivos com segurança pública", concluiu.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.