sicnot

Perfil

Mundo

Maior ajuda humanitária foi entregue na Síria desde o início da guerra

O maior comboio de ajuda humanitária enviado para a Síria desde o início da guerra, em 2011, chegou hoje a Rastane, uma cidade rebelde cercada pelas forças governamentais, divulgou o Comité Internacional da Cruz Vermelha.

© Bassam Khabieh / Reuters

Organizado pela Cruz Vermelha Internacional e pelo Crescente Vermelho, o comboio, composto por 65 camiões, levou kits de alimentos, medicamentos e equipamentos médicos.

Rastane, onde estão cerca de 120.000 pessoas, está situada no centro da Síria e sitiada pelas forças governamentais desde 2012.

A última vez que aquela cidade recebeu ajuda humanitária foi em 2012.

"Este foi o maior comboio humanitário que organizamos até agora para a Síria", disse, em Damasco, Pawel Krysiek, porta-voz da Cruz Vermelha Internacional.

O mediador da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, disse hoje que houve um progresso "modesto, mas real" na entrega de ajuda humanitária.

Segundo Staffan de Mistura, mais de 560 mil pessoas presas em áreas sitiadas ou remotas receberam ajuda desde o início do ano, incluindo mais de 100.000 nas últimas duas semanas.

"Há progressos modestos, mas reais no que concerne à ajuda humanitária", disse, mas, sublinhou, que ainda não é suficiente.

Lusa

  • Oceanário de Lisboa dá formação sobre impacto da acumulação de plásticos nos oceanos
    2:37
  • Trump e Netanyahu discutiram "ameaças que o Irão coloca"

    Mundo

    O novo Presidente norte-americano, Donald Trump, e o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, debateram "as ameaças que o Irão coloca" e concordaram que a paz israelo-palestiniana só pode ser "negociada diretamente", anunciou este domingo a Casa Branca.