sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 100 mortos na Índia devido às altas temperaturas

Mais de 100 pessoas já terão morrido na Índia devido à vaga de calor. As temperaturas ultrapassaram os 40 graus Celsius, acima do normal nesta altura do ano. As autoridades alertaram os hospitais e recomendaram que a população tomasse medidas como ficar em casa, especialmente entre o meio-dia e as 15h00.

As autoridades recomendaram que a população tomasse medidas como ficar em casa, especialmente entre o meio-dia e as 15h00.

As autoridades recomendaram que a população tomasse medidas como ficar em casa, especialmente entre o meio-dia e as 15h00.

Mahesh Kumar A./ AP

Várias escolas foram encerradas nos estados de Telangana e Andhra Pradesh que no ano passado foram os mais afetados por uma onda de calor no sul e leste da Índia, que causou mais de dois mil mortos.

As temperaturas altas têm agora afligido recentemente as zonas do leste, centro e sul do país

Todos os anos, centenas de pessoas, sobretudo as mais carenciadas, morrem no pico do verão, mas as temperaturas subiram mais cedo do que o normal, aumentando as incertezas sobre o número total deste ano.

O departamento de meteorologia indiano emitiu um alerta de canícula para Orissa e outros dois Estados nos quais se preveem temperaturas acima dos 45 graus centígrados nos próximos dias.

Os políticos têm sido amplamente criticadas por desperdiçarem água quando se deslocam às zonas afetadas pela seca, como no caso do primeiro-ministro da Índia, cuja caravana foi antecedida por tanques a molharem a estrada no Estado de Karnataka esta terça-feira.

Prevê-se uma monção acima da média este ano, dando esperança aos agricultores que dependem das chuvas anuais. O setor da agricultura ocupa 60% da população da Índia.

  • Duques de Cambridge cumprem visita oficial à Índia
    1:32

    Mundo

    Os duques de Cambridge estão de visita oficial à Índia. Kate e William reuniram-se com o primeiro-ministro indiano e visitaram o parque natural. A viagem termina no sábado com uma visita ao Taj Mahal, um dos monumentos mais importantes do país.

  • Prosseguem buscas por condutor da carrinha no ataque em Barcelona
    2:38
  • Nicolás Maduro quer convocar "cimeira mundial de solidariedade"

    Mundo

    O Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, reiterou este sábado que convocará uma "cimeira mundial de solidariedade" com o país, que permita atenuar a "campanha criminosa" que considera existir contra a Venezuela, cujo Governo está cada vez mais isolado internacionalmente.

  • Concentração de motos em Góis
    2:28

    País

    Durante este fim de semana, decorre uma das concentrações de motards mais concorridas do país. A organização esperava cerca de 20 mil visitantes em Góis.