sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 100 mortos na Índia devido às altas temperaturas

Mais de 100 pessoas já terão morrido na Índia devido à vaga de calor. As temperaturas ultrapassaram os 40 graus Celsius, acima do normal nesta altura do ano. As autoridades alertaram os hospitais e recomendaram que a população tomasse medidas como ficar em casa, especialmente entre o meio-dia e as 15h00.

As autoridades recomendaram que a população tomasse medidas como ficar em casa, especialmente entre o meio-dia e as 15h00.

As autoridades recomendaram que a população tomasse medidas como ficar em casa, especialmente entre o meio-dia e as 15h00.

Mahesh Kumar A./ AP

Várias escolas foram encerradas nos estados de Telangana e Andhra Pradesh que no ano passado foram os mais afetados por uma onda de calor no sul e leste da Índia, que causou mais de dois mil mortos.

As temperaturas altas têm agora afligido recentemente as zonas do leste, centro e sul do país

Todos os anos, centenas de pessoas, sobretudo as mais carenciadas, morrem no pico do verão, mas as temperaturas subiram mais cedo do que o normal, aumentando as incertezas sobre o número total deste ano.

O departamento de meteorologia indiano emitiu um alerta de canícula para Orissa e outros dois Estados nos quais se preveem temperaturas acima dos 45 graus centígrados nos próximos dias.

Os políticos têm sido amplamente criticadas por desperdiçarem água quando se deslocam às zonas afetadas pela seca, como no caso do primeiro-ministro da Índia, cuja caravana foi antecedida por tanques a molharem a estrada no Estado de Karnataka esta terça-feira.

Prevê-se uma monção acima da média este ano, dando esperança aos agricultores que dependem das chuvas anuais. O setor da agricultura ocupa 60% da população da Índia.

  • Duques de Cambridge cumprem visita oficial à Índia
    1:32

    Mundo

    Os duques de Cambridge estão de visita oficial à Índia. Kate e William reuniram-se com o primeiro-ministro indiano e visitaram o parque natural. A viagem termina no sábado com uma visita ao Taj Mahal, um dos monumentos mais importantes do país.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.