sicnot

Perfil

Mundo

Professor turco condenado a 508 anos de prisão por abuso de alunos

Um professor turco de 54 anos foi condenado a 508 anos de prisão por ter abusado sexualmente de 10 alunos a quem dava aulas particulares, informou hoje o diário Milliyet.

© Osman Orsal / Reuters

O professor, Muharrem B., foi condenado depois de o tribunal ter considerado que ficou provado que cometeu abusos sexuais, com privação de liberdade e danos físicos, a dez alunos, cujas idades não foram reveladas.

As vítimas tinham aulas com o professor no âmbito da fundação religiosa Ensar e a associação de antigos alunos dos colégios religiosos Kaimder, que se constituíram como acusação no processo.

Os deputados da oposição turca criticaram a posição da fundação e da associação, considerando que também deveriam ter sido investigadas.

O partido no poder na Turquia, o partido islamita AKP, tem fomentado nos últimos anos a educação islâmica.

Lusa

  • Resgatada mais uma criança com vida após sismo em Itália
    0:30
  • Ilibados trabalhadores castigados por consulta de dados fiscais

    País

    Os funcionários da Autoridade Tributária, que tinham sido castigados por terem consultado dados fiscais, foram absolvidos. O jornal Público avançou hoje que as orientações contra as sanções a aplicar aos funcionários partiram do ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rocha Andrade.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Repórteres fazem relato impressionante dos acontecimentos em Charlottesville
    3:40