sicnot

Perfil

Mundo

Voto passa a ser obrigatório na Bulgária

A Bulgária introduziu hoje o voto obrigatório, com o qual o Governo espera impulsionar a baixa taxa de participação eleitoral e combater a compra de votos num dos países mais corruptos da Europa.

© Stoyan Nenov / Reuters

Entre as medidas aprovadas pelo Parlamento, quem não votar será eliminado dos registos e terá de fazer um novo registo se quiser participar em eleições posteriores.

Na eleição geral de 2014, 48,4 por cento dos eleitores votaram, o número mais baixo de participação desde a queda do comunismo no país, em 1990.

Os especialistas afirmam que o principal fator para a baixa participação eleitoral prende-se com um desencantamento com uma elite política que é vista como corrupta, desligada da população e que foi incapaz de melhorar as condições de vida básicas.

O analista da Gallup Andrey Raychev disse ao canal televisivo público BNT que a falta de multas aplicadas a quem não votasse era um "compromisso estúpido".

São poucos os países com voto obrigatório, com a Austrália e Argentina como exemplos notáveis.

A obrigatoriedade de voto na Bulgária será aplicada nas eleições presidenciais de outubro.

Lusa

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.