sicnot

Perfil

Mundo

EUA mataram 20 civis no Iraque e na Síria

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos admitiu hoje ter matado 20 civis em vários ataques aéreos no Iraque e na Síria entre setembro e fevereiro, no âmbito da campanha militar contra o Daesh.

© Bassam Khabieh / Reuters

Em comunicado, o Comando Central dos Estados Unidos, que dirige as operações contra o Daesh, informou que naqueles ataques também ficaram feridos 11 civis.

Desde o começo da operação militar em 2014, os Estados Unidos já reconheceram ter matado 41 civis naqueles dois países.

"Lamentamos profundamente a perda acidental daquelas vidas e dos feridos resultantes dos ataques e expressamos os nossos sentidos pêsames às famílias das vítimas e afetados", referiu, no comunicado, o comando.

Segundo o Pentágono, a divulgação daqueles números já faz parte de um "compromisso de transparência".

"Continuarem a rever as baixas de civis e dar informação no futuro", assegurou o comando.

Os ataques avaliados no último relatório decorreram entre 10 de setembro de 2015 e 2 de fevereiro.

Com Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".