sicnot

Perfil

Mundo

EUA mataram 20 civis no Iraque e na Síria

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos admitiu hoje ter matado 20 civis em vários ataques aéreos no Iraque e na Síria entre setembro e fevereiro, no âmbito da campanha militar contra o Daesh.

© Bassam Khabieh / Reuters

Em comunicado, o Comando Central dos Estados Unidos, que dirige as operações contra o Daesh, informou que naqueles ataques também ficaram feridos 11 civis.

Desde o começo da operação militar em 2014, os Estados Unidos já reconheceram ter matado 41 civis naqueles dois países.

"Lamentamos profundamente a perda acidental daquelas vidas e dos feridos resultantes dos ataques e expressamos os nossos sentidos pêsames às famílias das vítimas e afetados", referiu, no comunicado, o comando.

Segundo o Pentágono, a divulgação daqueles números já faz parte de um "compromisso de transparência".

"Continuarem a rever as baixas de civis e dar informação no futuro", assegurou o comando.

Os ataques avaliados no último relatório decorreram entre 10 de setembro de 2015 e 2 de fevereiro.

Com Lusa

  • Trabalhos no viaduto terminaram, mas trânsito continua condicionado em Alcântara
    1:23

    País

    Não há, para já, previsão para o restabelecimento da normalidade em Alcântara. Os trabalhos para colocar o viaduto de Alcântara na posição correta, depois do desvio registado num pilar, decorreram esta madrugada. O trânsito mantém-se por isso condicionado no sentido Cascais-Lisboa, como explicou o repórter da SIC, Paulo Varanda.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.