sicnot

Perfil

Mundo

EUA mataram 20 civis no Iraque e na Síria

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos admitiu hoje ter matado 20 civis em vários ataques aéreos no Iraque e na Síria entre setembro e fevereiro, no âmbito da campanha militar contra o Daesh.

© Bassam Khabieh / Reuters

Em comunicado, o Comando Central dos Estados Unidos, que dirige as operações contra o Daesh, informou que naqueles ataques também ficaram feridos 11 civis.

Desde o começo da operação militar em 2014, os Estados Unidos já reconheceram ter matado 41 civis naqueles dois países.

"Lamentamos profundamente a perda acidental daquelas vidas e dos feridos resultantes dos ataques e expressamos os nossos sentidos pêsames às famílias das vítimas e afetados", referiu, no comunicado, o comando.

Segundo o Pentágono, a divulgação daqueles números já faz parte de um "compromisso de transparência".

"Continuarem a rever as baixas de civis e dar informação no futuro", assegurou o comando.

Os ataques avaliados no último relatório decorreram entre 10 de setembro de 2015 e 2 de fevereiro.

Com Lusa

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57