sicnot

Perfil

Mundo

Novo governo de Cabo Verde toma hoje posse

Mais de um mês depois das eleições legislativas de 20 de março em Cabo Verde, toma hoje posse o novo Governo, que será composto por 12 membros, incluindo o primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva.

Ulisses Correia e Silva

Ulisses Correia e Silva

MÁRIO CRUZ/LUSA

O novo elenco governativo, um dos mais pequenos desde a abertura do país ao multipartidarismo, inclui quatro independentes, três mulheres e não tem secretários de Estado.

Trata-se de um governo pequeno, produtivo e parceiro, na definição do primeiro-ministro indigitado, Ulisses Correia e Silva, que justificou a opção "por este figurino" com a necessidade de existir "uma forte coordenação política, uma boa articulação e uma boa integração das políticas".

Entre os nomes que irão ocupar as pastas ministeriais pontuam, além do primeiro-ministro, os vice-presidentes do Movimento para a Democracia (MpD), Olavo Correia (Finanças), Luís Filipe Tavares (Negócios Estrangeiros, Comunidades e Defesa) e Janine Lélis (Justiça e Trabalho).

Fazem ainda parte do governo, o antigo líder parlamentar do MpD Fernando Elísio Freire (Presidência do Conselho de Ministros, Assuntos Parlamentares e Desporto) e o membro da comissão política nacional e responsável pela comunicação da campanha eleitoral do MpD, Abraão Vicente (Cultura e Indústrias Criativas).

O novo executivo conta ainda com quatro independentes: o consultor internacional José Gonçalves, que integrou o MpD na década de 90, (Economia e Emprego), a técnica das Nações Unidas, Maritza Rosabal (Educação, Família e Inclusão Social), a deputada independente pelo MpD na legislatura anterior, Eunice Silva (Infraestruturas de Transportes, Ordenamento do Território e Habitação) e o até agora diretor-geral dos Serviços de Informações da República, Paulo Costa Rocha (Administração Interna).

Fecham o elenco o médico Arlindo do Rosário e número dois da lista do MpD na ilha de Santo Antão (Saúde) e o vereador do ambiente da câmara da Praia, Gilberto Correia Carvalho Silva, (Agricultura e Ambiente).

O Governo toma posse depois de na quarta-feira ter sido constituída a Assembleia Nacional para a IX Legislatura, saída das eleições de 20 de março, que deram a vitória ao MpD com 53,58% dos votos e 40 dos 72 deputados.

O Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), no poder há 15 anos, garantiu 37,53% dos votos e 29 deputados.

A União Cabo-Verdiana Democrática e Independente (UCID) conseguiu 6,75% dos escrutínios e elegeu os restantes três deputados do parlamento.

Lusa

  • Nunca mais
    9:16