sicnot

Perfil

Mundo

Sete mortos, incluindo cinco crianças, em tiroteio no Ohio, Estados Unidos

Pelo menos sete pessoas, incluindo cinco crianças, morreram hoje nos Estados Unidos num tiroteio numa propriedade rural da cidade de Peebles, no Estado de Ohio, informaram media locais.

John Minchillo

A cadeia de televisão WLWT citou um pastor local, Phil Fulton, a referir que as autoridades o informaram de que o tiroteio, sobre o qual não há ainda pormenores, provocou a morte de dois adultos e cinco crianças.

A procuradoria do Estado de Ohio, centro-leste dos Estados Unidos, emitiu um comunicado referindo "homicídios múltiplos", mas não avançou mais pormenores.

O gabinete de Investigação Criminal do Ohio (BCI, na sigla em Inglês) informou a cadeia televisiva WJW de que os cadáveres estão em vários locais da estrada rural de Union Hill, sem clarificar se pertencem todos à mesma propriedade.

Várias dezenas de agentes do BCI e outros serviços de segurança deslocaram-se para o local dos acontecimentos, uma propriedade particular a 112 quilómetros de Cincinnati, no condado de Pike.

Desconhece-se de momento se o autor ou os autores do tiroteios estão no local ou se fugiram, bem como o motivo da ocorrência.

"As informações que estão a receber de Peebles são trágicas, além do compreensível. Estamos a seguir os desenvolvimentos de perto e o Estado vai trabalhar com as forças de segurança locais no que for possível", escreveu na rede social Twitter o governador do Ohio e aspirante republicano à Presidência, John Kasich.

A polícia federal (FBI) no Cincinnati "está a acompanhar a situação de perto" e ofereceu ajuda ao condado, segundo uma mensagem que colocou nas redes sociais.

Algumas escolas da zona encerraram os recreios por precaução, se bem que os alunos permaneçam nas salas.

Lusa

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.