sicnot

Perfil

Mundo

Uber paga 89 milhões para encerrar processo judicial nos EUA

Nos EUA, o serviço de transporte privado Uber aceitou pagar cerca de 89 milhões de euros para garantir que os condutores da empresa continuem a ser considerados trabalhadores independentes.

Com este pagamento, a Uber espera conseguir encerrar o processo judical apresentado na California e em Massachussets. A ação judicial, para além de compensações, pretende que o serviço passe a tratar os trabalhadores como funcionários contratados, em vez de independentes, o que envolve também o pagamento de benefícios e a garantia de direitos laborais.

Para além do pagamento, a empresa de transporte privado aceitou também criar uma associação de condutores, nos dois estados.

O jugamento está marcado para junho num tribunal federal em São Francisco.

  • Cinco mortos provocados pelo tufão Hato em Macau
    1:13
  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.