sicnot

Perfil

Mundo

Uber paga 89 milhões para encerrar processo judicial nos EUA

Nos EUA, o serviço de transporte privado Uber aceitou pagar cerca de 89 milhões de euros para garantir que os condutores da empresa continuem a ser considerados trabalhadores independentes.

Com este pagamento, a Uber espera conseguir encerrar o processo judical apresentado na California e em Massachussets. A ação judicial, para além de compensações, pretende que o serviço passe a tratar os trabalhadores como funcionários contratados, em vez de independentes, o que envolve também o pagamento de benefícios e a garantia de direitos laborais.

Para além do pagamento, a empresa de transporte privado aceitou também criar uma associação de condutores, nos dois estados.

O jugamento está marcado para junho num tribunal federal em São Francisco.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55
  • Democratas não venciam no Alabama há 27 anos
    1:50