sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 12 detidos em Paris após confrontos com polícia

Pelo menos 12 pessoas foram detidas e três veículos incendiados, um deles da polícia, na noite de sexta-feira na praça da República em Paris, informou a polícia da capital francesa.

Três viatura foram incendiadas, uma delas da polícia.

Três viatura foram incendiadas, uma delas da polícia.

© Franck Prevel / Reuters

Cerca da meia-noite (10:15 GMT), um grupo de pessoas reunidas naquela praça, entre os quais ativistas políticos e centenas de jovens, começaram a lançar projéteis contra a polícia, revelou o jornal Le Parisien citado pela agência espanhola EFE.

"Os detidos estarão sujeitos às devidas medidas legais", disse hoje em comunicado a polícia de Paris, referindo que cerca de uma centena de manifestantes provocaram desacatos, separadamente do movimento batizado como 'Nuit debout' (noite em claro) que à mesma hora reunia pacificamente cerca de duas mil pessoas naquele local.

A polícia respondeu com gás lacrimogêneo para dispersar as pessoas e permitir a intervenção dos bombeiros, acrescenta o jornal, observando que duas horas após as ocorrências com a polícia a calma voltou àquela praça parisiense central.

No último fim de semana, incidentes semelhantes ocorreram no mesmo lugar, resultando em 22 detidos.

O movimento 'Nuit debout' começou em 31 de março último, quando os participantes de uma manifestação contra a reforma trabalhista preparada pelo Governo do presidente François Hollande foram chamados para passar a noite na praça da República.

Desde então, o movimento evoluiu e espalhou-se para outras cidades.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.