sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 12 detidos em Paris após confrontos com polícia

Pelo menos 12 pessoas foram detidas e três veículos incendiados, um deles da polícia, na noite de sexta-feira na praça da República em Paris, informou a polícia da capital francesa.

Três viatura foram incendiadas, uma delas da polícia.

Três viatura foram incendiadas, uma delas da polícia.

© Franck Prevel / Reuters

Cerca da meia-noite (10:15 GMT), um grupo de pessoas reunidas naquela praça, entre os quais ativistas políticos e centenas de jovens, começaram a lançar projéteis contra a polícia, revelou o jornal Le Parisien citado pela agência espanhola EFE.

"Os detidos estarão sujeitos às devidas medidas legais", disse hoje em comunicado a polícia de Paris, referindo que cerca de uma centena de manifestantes provocaram desacatos, separadamente do movimento batizado como 'Nuit debout' (noite em claro) que à mesma hora reunia pacificamente cerca de duas mil pessoas naquele local.

A polícia respondeu com gás lacrimogêneo para dispersar as pessoas e permitir a intervenção dos bombeiros, acrescenta o jornal, observando que duas horas após as ocorrências com a polícia a calma voltou àquela praça parisiense central.

No último fim de semana, incidentes semelhantes ocorreram no mesmo lugar, resultando em 22 detidos.

O movimento 'Nuit debout' começou em 31 de março último, quando os participantes de uma manifestação contra a reforma trabalhista preparada pelo Governo do presidente François Hollande foram chamados para passar a noite na praça da República.

Desde então, o movimento evoluiu e espalhou-se para outras cidades.

Lusa

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.