sicnot

Perfil

Mundo

Dois feridos em tiroteio num liceu nos Estados Unidos

Um homem, armado com uma carabina, disparou no sábado sobre estudantes na área exterior de um liceu, na pequena localidade de Antigo, no Wisconsin, e feriu dois alunos, revelou hoje a polícia, que abateu o atirador.

De acordo com informação policial, o atirador era um jovem de 18 anos que, no sábado à noite, estava em frente à entrada do edifício onde os estudantes participavam num baile e começou a disparar sobre as pessoas que saiam, ferindo dois estudantes, um deles uma mulher.

O segundo ferido, um homem, está ainda hospitalizado para se submeter a uma cirurgia, mas está fora de perigo, precisou em comunicado o chefe da polícia de Antigo, Eric Roller.

Um carro da polícia patrulhava o estacionamento da escola no momento do incidente, o que fez com que a polícia atuasse rapidamente após ter ouvido os tiros.

O atirador, que não era um estudante daquele liceu, foi ferido por um dos agentes e morreu depois no hospital durante a noite, lê-se no comunicado da polícia.

Lusa

  • Mário Centeno lidera hoje a primeira reunião do Eurogrupo
    1:56
  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

  • Quem são os arguidos da operação Fizz
    2:29

    País

    É já considerado o julgamento do ano da justiça portuguesa e o caso que está a abalar as relações entre Portugal e Angola. O processo da operação Fizz tem quatro arguidos, mas um deles, já é certo, não irá sentar-se esta segunda-feira no banco dos réus.

  • Que shutdown é este que paralisou os EUA?
    2:27
  • Casal que mantinha filhos acorrentados queria participar num reality show
    3:15
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.