sicnot

Perfil

Mundo

Eleições legislativas antecipadas na Sérvia

As cerca de 8.400 mesas de voto da Sérvia abriram hoje às 07:00 locais (5:00 em Lisboa) para as eleições legislativas antecipadas que, segundo todas as sondagens, o conservador SNS, no poder, vai ganhar.

Vojislav Sesel, líder do Partido Radical a votar esta manhã, em Belgrado.

Vojislav Sesel, líder do Partido Radical a votar esta manhã, em Belgrado.

© Marko Djurica / Reuters

O SNS, do atual primeiro-ministro Aleksandar Vucic, domina o cenário político sérvio e poderá repetir a maioria absoluta de março de 2014, quando elegeu 158 dos 250 deputados.

Os restantes partidos com possibilidades de ultrapassar a barreira obrigatória dos 5% para garantir representação parlamentar situam-se muito atrás.

No campo "pró-europeu", o SPS (centro-esquerda) surge com 11,5%, à frente dos Democratas (DS, centro-esquerda) e de uma coligação centrista-liberal em torno do ex-presidente Boris Tadic.

As eleições de hoje devem ainda confirmar o regresso ao parlamento do Partido Radical de Vojislav Seselj, (SRS, ultranacionalista, ausente em 2012 e 2014) e a estreia no hemiciclo da direita soberanista do DSS-Dveri, liderada por Bosko Obradovic, em conjunto creditados de 10% a 15%.

Uma viragem à direita num país confrontado com um desemprego perto dos 20%, cortes nas reformas e pensões, cortes na saúde e educação, aumento dos impostos, privatizações em série e com o campo radical "antieuropeu" a ganhar pontos.

Recentemente absolvido pelo Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia (TPIJ), Vojislav Seselj, 61 anos, arauto da "Grande Sérvia" no decurso das guerras jugoslavas da década de 1990 e que implicaram um prolongado isolamento internacional do país balcânico, empenhou-se durante a campanha a comparar o escrutínio a um referendo entre a União Europeia e a Rússia.

Na sequência da sua conversão ao pragmatismo e ao liberalismo, o primeiro-ministro insurgiu-se durante a campanha contra "os que pretendem fazer da Sérvia o leproso da Europa, um Estado pária na região e no mundo, fazendo-a deixar o caminho da Europa".

Após o início das conversações oficiais com Bruxelas em dezembro, na sequência e um acordo de "normalização de relações" com o Kosovo que permitiu oficializar a candidatura à UE, Vucic pretende com estas eleições garantir legitimidade reforçada para prosseguir as discussões de adesão.

Lusa

  • Não há aumentos salariais no Estado para o ano
    1:18

    Economia

    O ministro das Finanças confirma a alteração dos escalões de IRS em 2018. É uma das medidas prioritárias para o próximo ano, a par do descongelamento das carreiras na função pública. Numa entrevista à Antena 1, Mário Centeno admite que não vai haver aumentos salariais no Estado no próximo ano

  • Obrigada a vir dos EUA, de 3 em 3 semanas, para ver o filho
    2:00
  • Encontrado corpo da criança que desapareceu na praia de São Torpes
    0:55

    País

    O corpo da criança que tinha desaparecido na praia São Torpes, concelho de Sines, foi encontrado esta manhã fora de água, nas rochas, a 1,5 quilómetros do sítio onde tinha desaparecido, no passado dia 21. O alerta foi dado por um popular à Polícia Marítima, cerca das 8h00.

  • Marcelo diz que Europa não deve contar com benevolência dos aliados 
    1:19

    País

    O Presidente da República concorda com Angela Merkel, que este domingo defendeu que a Europa já não pode confiar a 100% nos países aliados. Numa conferência sobre o futuro da Europa, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que a União Europeia tem de assumir responsabilidades e protagonismo e não pode contar com a iniciativa e a benevolência dos aliados.

  • Novos casos de tuberculose caíram para metade

    País

    Portugal reduziu para metade o número de novos casos de tuberculose entre 2000 e 2016, segundo um relatório hoje divulgado, que mostra que, no ano passado, a taxa de incidência da doença foi de 18 por 100 mil habitantes.

  • Julgamento de Pedro Dias só deve começar após as férias judiciais
    2:59

    País

    O Tribunal da Guarda vai juntar o homicídio de Liliane Pinto ao processo principal dos crimes de Aguiar da Beira. Pedro Dias será interrogado em julho, mas o julgamento só deve começar depois das férias judiciais. No interrogatório judicial de 10 de novembro do ano passado, Pedro Dias ficou em silêncio.

  • Merkel sugere que a Europa já não pode contar com aliados como os EUA
    1:45

    Mundo

    Depois das cimeiras do G7 e da NATO,e sem nunca mencionar Donald Trump, a chanceler alemã diz que é tempo de cada país tomar conta do próprio destino. As declarações de Angela Merkel foram feitas em Munique numa ação de campanha da CDU e evidenciam incómodo em relação às posições manifestadas pelos EUA.

  • Bombeiro alvejado durante assalto em Buenos Aires
    1:07

    Mundo

    A polícia argentina está a investigar o assalto e a agressão a tiro a um bombeiro em Buenos Aires. O homem de 30 anos foi atacado por três jovens, o momento foi captado pelas câmaras de videovigilância. As imagens mostram o exato momento em que o bombeiro foi atacado pelo grupo, perto de um quiosque de alimentação automático. De acordo com as informações disponíveis, a vítima terá sido alvejada seis vezes.