sicnot

Perfil

Mundo

Partidários do Brexit querem proibir a entrada de Marine Le Pen no Reino Unido

O bloco favorável ao Brexit pediu à ministra britânica do Interior, Theresa May, numa carta oficial enviada por uma responsável da "Vote Leave", que proíba a entrada no Reino Unido da presidente da Frente Nacional francesa, Marine Le Pen.

Marine le Pen lidera o Frente Nacional desde 2011.

Marine le Pen lidera o Frente Nacional desde 2011.

© Alessandro Garofalo / Reuters

Na missiva, cuja existência foi hoje revelada pela BBC e da qual a agência France Presse (AFP) obteve uma cópia, Gisela Stuart, a copresidente da campanha "Vote Leave", a favor do voto para uma saída do Reino Unido da União Europeia no referendo de 23 de junho, pede à ministra que "recuse a entrada" da dirigente do partido francês de extrema-direita, devido "às suas opiniões extremistas". Gisela Stuart refere-se a uma visita de Marine Le Pen prevista para maio.

Questionado pela AFP, o número dois da Frente Nacional, Florian Philippot, referiu que Marine Le Pen foi "convidada para ir apoiar a fação do Brexit". "O Reino Unido é um Estado de direito e uma democracia avançada, por isso uma francesa, além disso eleita, pode perfeitamente circular livremente", acrescentou.

A visita de Marine Le Pen "permitirá aos britânicos que apoiam a saída da União Europeia saberem que há responsáveis europeus de primeira linha que os apoiam", sublinhou.

Gisela Stuart defende, no seu pedido por escrito, que "a presença de Marine Le Pen no Reino Unido não contribui para o bem comum".

Questionada hoje sobre esta carta, numa entrevista à BBC, a ministra recusou-se a dizer que medidas irá tomar, lembrando que não fala "de casos particulares".

A governante salientou que o facto de Gisela Stuart lhe escrever para "proibir alguém de entrar no país sugere que temos o controlo das fronteiras", declarou a ministra, conhecida pelo seu euroceticismo, mas que ainda assim se juntou a David Cameron, defensor da manutenção do país na União Europeia (UE).

Um dos principais argumentos dos partidários de uma saída da UE é a retoma do controlo das fronteiras e da imigração.

Lusa

  • Visita de Obama ao Reino Unido criticada pelos apoiantes do Brexit
    2:13

    Mundo

    A visita de Barack Obama a Londres está a ser ensombrada pelas críticas dos que se opõem à permanência do Reino Unido na União Europeia. Os partidários do chamado Brexit apontam o dedo ao Presidente norte-americano por estar a interferir num assunto interno, ao apoiar a posição de David Cameron. Além do encontro com o primeiro-ministro britânico, Obama e Michelle foram recebidos pela rainha Isabel II. Depois do Reino Unido Barack Obama vai visitar Hannover na Alemanha.

  • Sim e não ao "Brexit" praticamente empatados

    Mundo

    Os partidários da permanência do Reino Unido na União Europeia (UE) e os da sua saída (ou "Brexit") estão praticamente empatados, revela uma sondagem divulgada hoje, no início da campanha oficial do referendo.

  • O encontro emocionado de Marcelo com a mãe de uma das vítimas dos fogos
    0:30
  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • "O fogo chegou de repente. Foi um demónio"
    2:15
  • O desabafo de um empresário que perdeu "uma vida inteira de trabalho" no fogo
    2:08
  • O testemunho emocionado de quem perdeu quase tudo
    2:10
  • As comunicações entre operacionais no combate às chamas em Viseu
    2:27
  • Houve "erros defensivos que normalmente a equipa não comete"
    0:38

    Desporto

    No final do jogo, quando questionado sobre a ausência de Casillas no onze do FC Porto, Sérgio Conceição referiu que a equipa apresentada era aquela que lhe oferecia garantias. Quanto ao jogo, o treinador portista reconheceu que a equipa cometeu vários erros defensivos.

  • "Cometemos erros e há que tentar corrigi-los"
    0:41

    Desporto

    No final do jogo em Leipzig, Iván Marcano desvalorizou a ausência de Iker Casillas e entendeu que o facto de o guarda-redes ter ficado no banco não teve impacto na equipa. Já sobre o jogo, o central espanhol garantiu que não correu da forma como os jogadores esperavam.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.