sicnot

Perfil

Mundo

Mortos encontrados em posto militar cabo-verdiano têm entre 20 e 51 anos

Mortos encontrados em posto militar cabo-verdiano têm entre 20 e 51 anos

O ministro da Administração Interna cabo-verdiano disse, em conferência de imprensa, que os onze mortos encontrados hoje num posto militar na ilha de Santiago, têm entre 20 e 51 anos de idade. Paulo Rocha afirma que há fortes suspeitas de que o autor do massacre seja um soldado que está desaparecido desde esta manhã. O ministro pede às pessoas para se manterem tranquilas e garante que estão a fazer todos os esforços para encontrar o responsável por este crime. Até agora ninguém foi detido nem foram confirmadas ligações a droga apreendida. Segundo o jornalista do "Expresso das Ilhas" tudo aponta para um crime com "motivações pessoais".