sicnot

Perfil

Mundo

Onze pessoas encontradas mortas em posto militar em Cabo Verde

O número de mortos encontrados hoje num posto militar na ilha cabo-verdiana de Santiago subiu de cinco para 11, depois de as autoridades policiais locais terem encontrado os corpos de mais seis soldados dentro de uma caserna.

Em declarações à agência Lusa, Francisco Gomes, comandante adjunto da esquadra da Polícia Nacional de São Domingos, a norte da cidade da Praia, os seis soldados foram encontrados mortos numa caserna militar do posto de vigia de Monte Txota, próximo do principal centro de telecomunicações do país.

Segundo Francisco Gomes, há ainda um soldado desaparecido.

Antes, o comandante da polícia tinha dito à Lusa que cinco pessoas, incluindo dois estrangeiros, foram encontradas mortas no posto militar de vigia do Monte Txota.

Francisco Gomes adiantou que os cinco corpos foram encontrados por volta das 11:00 de hoje (13:00 em Lisboa) no posto militar Monte Txota, a cerca de 45 minutos da capital cabo-verdiana.

Entre os mortos, contam-se dois civis estrangeiros - um cidadão espanhol e outro cuja nacionalidade está ainda por confirmar, um civil cabo-verdiano e dois militares daquele posto.

Segundo o responsável da polícia, as vítimas terão sido atingidas por disparos de AKM (versão da espingarda automática kalashnikov), arma usada pelas forças armadas de Cabo Verde.

No local, encontram-se elementos da Polícia Judiciária, Polícia Militar, Bombeiros e Polícia Nacional, que estão a investigar o que poderá estar na origem das mortes.

Uma testemunha ouvida pela agência Lusa e que não quis ser identificada, disse que na segunda-feira viu um carro com turistas a subir em direção ao local, o que não estranhou por se tratar de um local turístico.

A imprensa cabo-verdiana, citando fontes policiais, noticiou que a viatura em causa foi encontrada abandonada na zona da Cidadela, arredores da capital de Cabo Verde, tendo no interior uma arma AKM.

Lusa

  • Administrador recebia 420 mil € por ano quando aldeamento passava dificuldades
    4:39
  • "Estamos vivos"
    11:41
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Os incêndios de 15 de outubro provocaram sete milhões de euros de prejuízos em empresas da região Norte. Castelo de Paiva foi o concelho mais atingido, o fogo destruiu várias casas e empresas que davam trabalho a cerca de 200 pessoas. Um mês depois do incêndio, a Reportagem Especial da SIC foi ver o que está a ser feito para ajudar a população.

  • Estudante português desaparecido no mar Báltico

    País

    Um jovem português de 21 anos desapareceu na segunda-feira, dia 13 de novembro, enquanto fazia uma viagem de cruzeiro entre a cidade finlandesa de Helsínquia e a capital da Suécia, Estocolmo. As autoridades locais fizeram buscas na madrugada em que Diogo Penalva caiu ao mar Báltico, por volta das duas da manhã.

  • Notas e moedas têm os dias contados?
    6:27
  • Político oferece 1,3 milhões por decapitação de atriz

    Mundo

    Deepika Padukone é uma das personagens principais do filme que retrata a relação entre uma rainha hindu e um governante muçulmano. O filme enfureceu um político do Governo indiano, que ofereceu 1,3 milhões de euros como recompensa a quem decapitasse a atriz. A polícia já destacou agentes para proteger a atriz, bem como a sua família.

  • Paris inaugura primeiro restaurante naturista

    Mundo

    Para entrar, é preciso retirar a roupa e apenas as mulheres podem permanecer calçadas. O primeiro restaurante naturista de Paris abriu em novembro para responder a uma necessidade em França, principal destino do mundo para os praticantes de nudismo.

  • Peru faz aparição especial na Casa Branca
    1:10

    Mundo

    Os norte-americanos estão a preparar-se para o tradicional Dia de Ação de Graças, assinalado na próxima quinta-feira. O tradicional peru fez esta terça-feira uma aparição especial na sala de conferências de imprensa, na Casa Branca, em Washington. O peru é o prato tradicional no Dia de Ação de Graças, uma data de louvor a Deus, que remonta ao século XVII e que é celebrada na quarta quinta-feira de novembro, sobretudo nos Estados Unidos da América e no Canadá.

  • Sara Sampaio brilha em Xangai
    1:50