sicnot

Perfil

Mundo

Televisão francesa mostra imagens de bombista de Paris a detonar cinto de explosivos

O canal de televisão francês M6 divulgou imagens do momento em que Brahim Abdeslam se fez explodir no restaurante Comptoir Voltaire, nos atentados de novembro em Paris.

M6

M6

M6

Nas imagens, vê-se Abdeslam, vestido de preto, a andar no interior do restaurante em direção ao centro do espaço, rodeado de pessoas que jantavam tranquilamente. Põe a mão na testa e faz-se explodir. O cinto não detonou corretamente e Brahim foi a única pessoa que morreu na explosão, apesar dos esforços de uma enfermeira que estava no restaurante.

Era irmão de Salah Abdeslam, que ficou a monte após os atentados e foi capturado em Bruxelas no mês passado.

As imagens foram divulgadas no canal de televisão M6, no programa Zone Interdite.

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Encontrados dez sobreviventes no hotel engolido por avalanche em Itália
    1:44
  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.