sicnot

Perfil

Mundo

Bombardeamento a hospital de Alepo faz pelo menos 14 mortos

Pelo menos 14 civis morreram hoje à noite no bombardeamento de um hospital de Alepo, no noroeste da Síria, por forças do regime, informou uma organização de defesa civil local designada 'capacetes brancos'.

© Ammar Abdullah / Reuters

"Pelo menos 14 pessoas foram mortas hoje à noite por bombardeamentos contra o hospital Al-Quds e um edifício residencial próximo, no bairro de Al-Sukkari, no leste de Alepo", uma zona controlada pelos rebeldes, disse a organização à agência noticiosa France Presse.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos, uma organização não-governamental com sede em Londres, confirmou o ataque e afirmou que ele foi realizado por "aviões do regime".

Um médico, que era o único pediatra a exercer na zona leste de Alepo, é uma das vítimas mortais, segundo a agência.

O Observatório acrescentou que um médico e dois seguranças do hospital estão entre os mortos.

Lusa

  • Norte-americano luta contra Daesh ao lado das tropas curdas
    2:53

    Daesh

    Nos últimos três anos milhares de jovens ocidentais viajaram para o Iraque e para a Síria para para intergrar as fileiras do Daesh, mas também há quem rume a esses países para combater o autoproclamado Estado Islâmico. É o caso de John Cole, um jovem norte americano de 23 anos que depois de combater na Síria, escolheu voltar ao Iraque como voluntário das tropas curdas dos Peshmerga.

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.