sicnot

Perfil

Mundo

Bombardeamento a hospital de Alepo faz pelo menos 14 mortos

Pelo menos 14 civis morreram hoje à noite no bombardeamento de um hospital de Alepo, no noroeste da Síria, por forças do regime, informou uma organização de defesa civil local designada 'capacetes brancos'.

© Ammar Abdullah / Reuters

"Pelo menos 14 pessoas foram mortas hoje à noite por bombardeamentos contra o hospital Al-Quds e um edifício residencial próximo, no bairro de Al-Sukkari, no leste de Alepo", uma zona controlada pelos rebeldes, disse a organização à agência noticiosa France Presse.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos, uma organização não-governamental com sede em Londres, confirmou o ataque e afirmou que ele foi realizado por "aviões do regime".

Um médico, que era o único pediatra a exercer na zona leste de Alepo, é uma das vítimas mortais, segundo a agência.

O Observatório acrescentou que um médico e dois seguranças do hospital estão entre os mortos.

Lusa

  • Norte-americano luta contra Daesh ao lado das tropas curdas
    2:53

    Daesh

    Nos últimos três anos milhares de jovens ocidentais viajaram para o Iraque e para a Síria para para intergrar as fileiras do Daesh, mas também há quem rume a esses países para combater o autoproclamado Estado Islâmico. É o caso de John Cole, um jovem norte americano de 23 anos que depois de combater na Síria, escolheu voltar ao Iraque como voluntário das tropas curdas dos Peshmerga.

  • A fuga dos PIDES
    1:16

    Perdidos e Achados

    Ao final do dia 29 de Junho de 1975, 89 agentes da PIDE fugiam da cadeia de Vale de Judeus, em Alcoentre. Mais de 40 anos depois, Perdidos e Achados recupera um dos acontecimentos do Verão Quente em Portugal. Hoje no Jornal da Noite e conteúdos exclusivos no site.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa

  • Casa Madonna di Fatima em Roma é um lar de idosos com 9 irmãs portuguesas
    4:29

    Mundo

    A mais antiga igreja dedicada à Senhora de Fátima em Roma tem mais de 50 anos. Foi construída pelas franciscanas hospitaleiras do Imaculado Coração, uma congregação fundada em Portugal. Hoje, as religiosas portuguesas gerem um lar na mesma rua, mas o templo foi entregue a uma congregação italiana.