sicnot

Perfil

Mundo

Botão de pânico nos telemóveis da Índia

Os telemóveis construídos na Índia a partir do próximo ano vão ter um botão de pânico. A decisão surge na sequência da violação e morte de uma mulher de 23 anos por um grupo num autocarro em Nova Deli em 2012.

© Amit Dave / Reuters

A partir de janeiro de 2018, os telemóveis vão também ter o sistema integrado de GPS.

"A tecnologia serve para tornar a vida dos humanos melhor e o melhor uso é a segurança das mulheres", declarou o Ministério das Comunicações e Tecnologias na apresentação do plano.

Quando o utilizador pressionar um botão continuamente ou os números 5 e 9 nos novos telefones, será imediatamente feita uma ligação para os serviços de emergência.

Esta decisão surge na sequência de uma série de crimes contra as mulheres nos últimos anos. A morte de uma estudante de 23 anos num autocarro em Nova Deli em 2012 desencadeou uma onda de protestos pelo país e resultou em leis mais rígidas contra a violação. Noutro caso, um motorista da Uber foi considerado culpado de violar uma passageira em Nova Deli.

A Índia registou em 2014 337.922 crimes contra as mulheres, incluindo mais de 36 mil violações, um aumento de 9% em relação ao ano anterior. É o país com a segunda maior taxa do mundo no mercado de telemóveis, com mais de mil milhões de utilizadores.