sicnot

Perfil

Mundo

Antiga estrela de futebol George Weah é candidato às presidenciais da Libéria

A antiga estrela de futebol internacional George Weah anunciou hoje que vai voltar a candidatar-se às eleições presidências de 2017 da Libéria.

© Luc Gnago / Reuters

"Caros cidadãos, tendo ouvidos os vossos gritos e visto a vossa aflição. Eu respondo aos vossos apelos e declaro, perante vós e Deus Todo Poderoso, que vou ser candidato a Presidente em 2017", afirmou perante uma multidão reunida na sede do seu partido, o Congresso para a Mudança Democrática.

George Weah, de 49 anos, já foi candidato às eleições em 2005, quando perdeu para a atual Presidente da Libéria, Ellen Johnson Sirleaf, tendo em 2011 voltado a ser candidato para a vice-presidência.

Johnson Sirleaf não pode voltar a candidatar-se, devido ao limite constitucional de dois mandatos.

Muito popular no seu país, "Sir George" foi eleito em dezembro de 2014 senador da província de Montserrado, a mais populosa do país, onde está localizada a capital da Libéria, Monróvia.

Antes de ser converter à política, George Weah foi uma estrela do futebol internacional, tendo ganhado a Bola de Ouro em 1995, bem como o troféu de melhor jogador mundial da Fifa.

O candidato jogou no AC Milan, Paris Saint-Germain e no Mónaco.

Lusa

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Venda do Novo Banco terá que ser negociada em Bruxelas
    0:43

    Economia

    A venda do Novo Banco vai ter que ser negociada com Bruxelas, uma vez que o Lone Star planeia agora ficar com 65% da instituição, obrigando o Estado a manter uma posição no banco. O ministro das Finanças lembra que esta também era uma possibilidade mas salienta que o assunto está nas mãos do Banco de Portugal.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Primeiro-ministro sueco "surpreendido" com as declarações de Trump
    0:53

    Mundo

    O primeiro-ministro sueco ficou surpreendido com as declarações de Donald Trump, que, no fim de semana, se referiu a um suposto ataque terrorista no país escandinavo, relacionado com a imigração. Stefan Löfven fala na responsabilidade de usar os factos correctamente e diz que é preciso verificar a informação que é divulgada.

  • Angelina emociona-se ao falar da separação de Brad Pitt
    1:25
  • Modelo obrigada a prometer que não volta a arriscar a vida numa sessão fotográfica
    1:46