sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 64 mortos em confrontos entre rebeldes e curdos na Síria

Combates entre forças curdas e grupos rebeldes islamitas na Síria provocaram pelo menos 64 mortos desde quarta-feira no norte da província de Alepo, anunciou hoje o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

© Abdalrhman Ismail / Reuters

Segundo o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahmane, 53 rebeldes e 11 combatentes das Forças da Síria Democrática, uma aliança curdo-árabe apoiada pelos Estados Unidos, morreram em confrontos na zona de Tal Rifaat.

Os rebeldes islamitas atacaram a zona na quarta-feira mas foram repelidos pelos curdos. Fotografias difundidas na rede social Twitter mostram corpos de rebeldes mortos exibidos num camião na cidade curda de Afrin.

Segundo o OSDH, é o maior número de rebeldes mortos em confrontos contra os curdos.

A intensificação dos bombardeamentos e dos combates em Alepo pelo regime sírio já provocou a morte de mais de 200 pessoas em uma semana dos quais mais de metade eram civis.

O exército sírio pretende reconquistar a cidade que há quatro anos está em poder dos rebeldes. Alepo, a segunda maior cidade da Síria está de facto dividida desde julho de 2012 entre bairros controlados por forças governamentais a oeste e os que são controlados pelos rebeldes a leste.

A situação de Alepo preocupa várias organizações humanitárias o que levou o emissário das Nações Unidas para a Síria, Staffan de Mistura, a apelar para que a Rússia e os Estados Unidos tomem uma "iniciativa urgente."

Lusa

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.