sicnot

Perfil

Mundo

Suspeito de matar 11 pessoas em Cabo Verde detido na PJ da Cidade da Praia

O militar suspeito de matar 11 pessoas em Cabo Verde encontra-se detido nas instalações da Polícia Judiciária (PJ) do país a aguardar decisão sobre se será ouvido em Tribunal civil ou militar.

O jovem suspeito de matar na segunda-feira 11 pessoas - oito militares e três civis, incluindo dois espanhóis - nas instalações do centro retransmissor de Monte Txota, no concelho de São Domingos, interior da ilha de Santiago, foi detido quarta-feira na cidade da Praia.

O soldado foi capturado no bairro da Fazenda graças à colaboração de um taxista, que depois de ter sido feito refém por cerca de três horas, conseguiu alertar a polícia, que chegou ao local cerca de 30 minutos depois e capturou o suspeito, militar há cerca de um ano.

O militar foi depois levado para a esquadra policial de Achada de Santo António, onde foi montado um enorme aparato de segurança, com a presença também de muitos populares.

Mais tarde, António Manuel Silva Ribeiro, mais conhecido por Entany, 22 anos, foi transferido para as instalações da Polícia Judiciária (PJ), no bairro de Achada Grande Frente, onde se encontra até agora a aguardar decisão sobre se será ouvido em Tribunal civil ou militar, o que deverá acontecer até ao final da tarde de sexta-feira.

Fonte das Forças Armadas de Cabo Verde adiantou à Lusa que, depois da captura do presumível autor do massacre, a prioridade agora é realizar os funerais dos soldados.

Quarta-feira foram realizadas os funerais de três dos oito soldados na ilha de Santiago, estando marcado para hoje as cerimónias fúnebres de três militares na cidade da Praia e dois na ilha de Santo Antão e do civil em São Vicente.

Todos os funerais terão honras militares e contarão com a presença do primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, que cancelou o Conselho de Ministros previsto para hoje.

Fonte da Polícia Nacional confirmou à Lusa que o posto militar de Monte Txota, que fica a cerca de 30 minutos de distância da cidade da Praia, já foi entregue à supervisão do Exército.

Quanto aos dois espanhóis também assassinados no posto, a Embaixada de Espanha em Cabo Verde indicou na sua página na rede social Facebook que já abriu um livro de condolências na secção consular e que está em contacto com os familiares para transladar os corpos para Espanha.

Lusa

  • CGTP espera milhares na 1ª manifestação nacional do ano
    1:49

    País

    A CGTP-IN conta ter "dezenas de milhares de trabalhadores" de todo o país e setores de atividade na primeira manifestação nacional do ano, marcada para esta tarde, em Lisboa, em defesa da valorização do trabalho e dos trabalhadores.Estão previstas centenas de autocarros e quatro comboios especiais, um de Braga e três do Porto, para transportar os manifestantes para a capital.De Coimbra saíram 13 autocarros, com cerca de 700 trabalhadores, de setores diferentes para exigir ao governo reposição de direitos perdidos.

  • A semana em revista

    Mundo

    Com a semana a chegar ao fim, a SIC Notícias apresenta-lhe, num único artigo, os destaques que marcaram a atualidade nos últimos dias. Um espaço onde pode ficar a saber, ou simplesmente recordar, os temas que marcaram a semana noticiosa.

    André de Jesus