sicnot

Perfil

Mundo

MNE britânico visita Cuba pela primeira vez desde 1959

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido chega na quinta-feira a Cuba para uma visita que é a primeira de um chefe da diplomacia britânica à ilha comunista desde 1959.

© Toby Melville / Reuters

A agenda de Philip Hammond inclui a cooperação bilateral nas áreas dos "serviços financeiros, energia, cultura e educação", segundo fonte do Foreign Office citada por agências internacionais.

"Como primeiro ministro dos Negócios Estrangeiros britânico a visitar Cuba desde a revolução cubana de 1959, vejo a oportunidade de ouvir o que Cuba pensa dos seus desafios atuais e do seu futuro", afirmou Hammond num comunicado.

Philip Hammond vai ter vários encontros com o homólogo cubano, Bruno Rodríguez, e com outros governantes, segundo o comunicado.

Durante a visita, acrescenta o texto, vai ser assinado um "acordo bilateral de restruturação da dívida de Cuba ao Reino Unido" e debatidas formas de cooperação.

Hammond vai também encontrar-se com representantes da sociedade civil cubana e da comunidade de empresários britânicos em Havana.

"O Reino Unido e Cuba têm perspetivas do mundo e dos sistemas de governo que são muito diferentes. Mas com Cuba a entrar num período de mudanças sociais e económicas significativas, estou ansioso por demonstrar ao governo e ao povo cubanos que o Reino Unido está empenhado em forjar novos laços", afirmou Hammond no comunicado.

Lusa

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14