sicnot

Perfil

Mundo

Atos contra muçulmanos em França triplicaram em 2015

Os atos contra muçulmanos em França triplicaram em 2015, ano dos atentados jihadistas de janeiro e de novembro, indicou hoje a comissão nacional francesa de direitos humanos.

© Vincent Kessler / Reuters

As denúncias apresentadas por atos racistas, antissemitas e antimuçulmanos aumentaram 22,4 por cento, passando de 1.662 em 2014 para 2.034 em 2015, o que a comissão qualifica de "importante aumento".

Na análise detalhada, a comissão registou mais do triplo de incidentes antimuçulmanos, que passaram de 133 em 2014 para 429 em 2015, um aumento de 223%, com "dois picos" registados nos dias seguintes aos atentados de 07 de janeiro e aos de 13 de novembro na capital francesa.

França acolhe uma comunidade muçulmana estimada em 04 a 05 milhões de pessoas.

Os atos antissemitas registaram uma quebra de 5,1%, tendo passado de 851 em 2014 para 808 em 2015, e os restantes atos racistas aumentaram 17,5%, passando de 678 em 2014 para 797 em 2015.

"Esta é apenas a criminalidade visível, estamos muito longe do que é a criminalidade real. O racismo do dia a dia é infinitamente mais subtil", explicou Christine Lazerges, presidente da comissão, que desde os anos 1990 elabora um relatório anual sobre a luta contra o racismo, o antissemitismo e a xenofobia com base em dados do Ministério do Interior.

"Vários indicadores vão no sentido de um recuo do antissemitismo em França, especialmente em 2015, sugerindo que a violência dos atos contra os judeus, entre as quais o ataque de janeiro a um supermercado kosher, suscita na opinião pública um reflexo de compaixão e de solidariedade para com eles", lê-se no relatório da Comissão Nacional Consultiva de Direitos Humanos (CNCDH).

Apesar disso, acrescenta-se, "a persistência de velhos preconceitos antissemitas e a violência de que os judeus são vítimas convidam à prudência" na interpretação dos números.

Os judeus, que representam menos de 01% da população francesa, foram alvo de 40% dos atos racistas cometidos no país em 2015, contra 51% em 2014.

Lusa

  • Sporting de Braga afastado da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting de Braga derrotou esta quinta-feira o Marselha, em Braga, por 1-0, na segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa. Um triunfo insuficiente para o apuramento, depois do desaire da equipa minhota em França (3-0).

  • Sporting nos oitavos de final da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting garantiu esta quinta-feira o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa, ao empatar frente ao Astana, em Alvalade, a três golos, na segunda mão dos 16 avos de final, depois de ter triunfado no Cazaquistão por 3-1. Veja ou reveja todos os golos do encontro.

  • Os 36 golos dos 16 avos da Liga Europa

    Liga Europa

    A jornada europeia ficou marcada, no panorama das equipas portuguesas, pelo apuramento do Sporting e pela eliminação do Sporting de Braga. Os leões passam assim a ser o único clube luso em prova na Liga Europa. Nos oitavos de final, o emblema de Alvalade pode encontrar adversários como o Arsenal, o Atlético de Madrid ou o AC Milan. O sorteio realiza-se esta sexta-feira, ao meio-dia. Aqui, veja ou reveja todos os golos da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa.

  • "O dia a dia na Síria também é lutar por um pão"
    10:13

    Mundo

    Desde domingo que os bombardeamentos do regime sírio a Ghouta já fizeram mais de 400 mortos. Ghouta é o último reduto rebelde nos arredores da capital da síria, onde as forças fiéis a Bashar Al Assad iniciaram no domingo uma intervenção militar de larga escala. Cândida Pinto, editora de Internacional da SIC, e a psicóloga Maria Palha, que já esteve na Síria ao serviço dos Médicos Sem Fronteiras, estiveram na Edição da Noite da SIC Notícias para falar sobre o assunto.

  • O estranho caso do mergulhador Alejandro Ramos

    Mundo

    O mergulhador Alejandro Ramos tornou-se num caso de investigação do Centro Médico Naval do Peru, depois do seu corpo ter começado a inchar sem qualquer explicação aparente. Isto aconteceu há quatro anos, minutos depois de ter emergido da água, onde tinha estado a trabalhar durante muitas horas.

    SIC

  • Jane Seymour posa para a Playboy aos 67 anos

    Cultura

    Esta é a terceira vez que a atriz inglesa de 67 anos participa numa sessão fotográfica para a revista Playboy. Jane Seymour aproveitou a oportunidade para se juntar ao movimento #MeToo e falar sobre as agressões sexuais que sofreu às mãos de um produtor, em 1972.

  • Não dá mais, Brasil!
    18:00
  • Proposta de um cessar-fogo na Síria sem acordo

    Mundo

    O embaixador da Rússia junto das Nações Unidas afirmou esta quinta-feira que os 15 membros do Conselho de Segurança não alcançaram um acordo para aprovar um cessar-fogo de 30 dias na Síria, proposta negociada há mais de duas semanas.