sicnot

Perfil

Mundo

Fuinha parou investigação científica

Uma fuinha foi responsável pela paragem do maior acelerador de partículas do mundo ao provocar um curto-circuito.

Algures no sub-solo entre a França e a Suíça, uma fuinha morreu eletrocutada ao morder um cabo e provocando "uma grave perturbação elétrica na sexta-feira às 5h30" (4h30 em Lisboa), anunciou o CERN - organização europeia para a investigação nuclear.

A dentada deu cabo de um transformador de 66 mil volts, que agora vai ter de ser reparado pelo que o gigantesco acelerador de partículas (Large Hadron Collider - LHC, na sigla inglesa) vai estar parado durante vários dias.

Não é a primeira vez que um animal perturba o funcionamento do LHC. Em 2009, um pássaro deixou cair um pedaço de pão dentro de uma instalação elétrica no exterior, o que provocou danos no sistema de refrigeração.

O LHC está instalado debaixo de terra, entre a fronteira franco-suíça, e perfaz 27 quilómetros. É o mais poderoso acelerador de partículas do mundo e já permitiu descobrir, em 2012, o bosão de Higgs, considerada a partícula fundamental da matéria que pode desvendar os segredos da composição do universo.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.