sicnot

Perfil

Mundo

Novos ataques aéreos em Alepo

Novos ataques aéreos atingiram hoje a cidade síria de Alepo, numa altura em que o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, está em Genebra para tentar novas negociações entre as partes envolvidas no conflito.

reuters

Ataques aéreos no leste de Alepo, controlado por rebeldes, fizeram-se sentir nas primeiras horas do dia, sem que haja ainda informação sobre eventuais vítimas, de acordo com relatos do correspondente da agência AFP.

Vários bairros, incluindo o densamente povoado Bustan al-Qasr, foram atingidos. Não é claro se os ataques foram conduzidos por aviões sírios ou russos.

O bombardeamento dos rebeldes às zonas oeste da cidade, controladas pelo Governo, no domingo, resultou na morte de três civis, incluindo uma criança, de acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos.

Mais de uma semana de combates na segunda cidade da Síria causaram a morte de centenas de civis.

A violência crescente em Alepo e arredores ameaça o processo de paz, apoiado pela ONU, e o frágil acordo de cessar-fogo.

Kerry aterrou em Genebra no domingo para negociações com os ministros árabes e com o enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura.

"Estamos a falar diretamente com os russos, mesmo agora", disse Kerry.

Alepo ficou inicialmente de fora de um acordo para reativar uma trégua de 27 de fevereiro entre o Governo e os rebeldes não-'jihadistas'.

A suspensão dos combates, anunciada na sexta-feira, aplica-se às frentes de batalha na província costeira de Latakia e em Ghouta oriental, perto de Damasco.

No domingo, o chefe do centro de coordenação russo na Síria disse que negociações para incluir Alepo tinham começado.

"Decorrem atualmente negociações para estabelecer um 'regime de silêncio' na província de Alepo", disse às agências russas o general Sergei Kuralenko.

Mais de 270 mil pessoas morreram desde o início do conflito sírio em março de 2011

  • Trump eleito personalidade do ano pela revista Time

    Mundo

    O Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, foi eleito personalidade do ano pla revista Time. O título é atribuído pela publicação norte-americana há quase 90 anos para distinguir a figura que marcou o ano.

  • Cerca de 100 mortos e dezenas de desaparecidos após sismo na Indonésia
    1:24
  • As camisolas de Natal da família real britânica

    Mundo

    O espírito natalício invadiu ontem o Museu Madame Tussauds, em Londres. Foram reveladas as novas figuras de cera da família real britânica - cada membro enverga uma camisola de espírito festivo, com cãezinhos "reais" e "gingerbreadmen" de gosto duvidoso.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • Com este vamos arrancar-lhe uma lagriminha!

    Mundo

    Nesta redação, não se vive só de notícias. Também gostamos de nos emocionar com o mundo virtual. Imbuídos pela quadra natalícia, decidimos partilhar este vídeo polaco consigo. O que é preciso para o emocionar? Um tema com uma mensagem simples e que nos faça lembrar que somos todos feitos de carne e osso. Um toque de humor. Um sentimento sazonal, mas nunca em excesso. Um cão [é preciso haver sempre um cão]. Um enredo e algum suspense que nos prenda ao écran. Algo que nos faça engolir em seco. Foi isto que fez um site de vendas online com um anúncio com o título: "Inglês para principiantes". Então? Atingimos o nosso objetivo? Com ou sem lágrima?

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54
    Futuro Hoje

    Futuro Hoje

    3ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    A Leica, das famosas máquinas fotográficas, abriu na semana passada a primeira loja em Portugal. Grande parte da produção da marca alemã é feita em Lousado, em Vila Nova de Famalicão, há 43 anos.