sicnot

Perfil

Mundo

China investiga motor de pesquisa acusado de induzir doente oncológico em erro

A China anunciou uma investigação ao motor de pesquisa chinês Baidu, líder no país, após um doente oncológico, que entretanto morreu, ter acusado a empresa de fornecer informação enganosa sobre assistência médica.

Wei Zexi recorreu alegadamente a um tratamento, que se revelou ineficaz, induzido por uma pesquisa no Baidu, que colocou a terapia no segundo lugar da lista de resultados.

O paciente tinha um cancro raro e encontrava-se em estado terminal.

De acordo com um comunicado difundido anteriormente por Wei, o tratamento, uma imunoterapia, que utiliza agentes biológicos que estimulam o sistema imunitário, custou à sua família 200.000 yuan (26.000 euros).

Os hospitais públicos, por outro lado, terão dito a Wei que tinha os dias contados.

O homem morreu a 12 de abril após ter sido submetido por quatro vezes àquele tratamento que, segundo fontes citadas pelo jornal oficial China Daily, é utilizado apenas em investigação médica.

O tráfego pago é um modelo de publicidade na Internet em que o motor de pesquisa recebe dinheiro por cada vez que um usuário acede aos portais que surgem em destaque.

Aquele esquema, que se distingue do tráfico orgânico, que define a ordem unicamente através do número de visitas, é a principal fonte de receitas do Baidu, segundo a imprensa chinesa.

No entanto, ao contrário do Google, líder mundial, e outros motores de pesquisa, o Baidu não assinala os resultados pagos.

Em comunicado, o Baidu disse ter pedido às autoridades para investigar um alegado esquema de subcontratação na prática daquela terapia.

De acordo com informações divulgadas na segunda-feira pelos jornais chineses, o tratamento terá sido aplicado num centro gerido por uma empresa privada, dentro das instalações do hospital, em violação das normas.

A equipa encarregada da investigação é composta por funcionários da Administração do Ciberespaço da China, da Comissão Nacional da Saúde e Planeamento Familiar e da Administração Estatal para a Indústria e Comércio.

O centro em causa foi, entretanto, encerrado.

Em novembro de 2008, a televisão estatal CCTV noticiou que o Baidu vendeu posições no topo da sua lista de resultados, na pesquisa por termos médicos chave, a hospitais falsos e a fornecedores de medicamentos não licenciados.

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.