sicnot

Perfil

Mundo

Cidade do México volta a proibir 40% dos carros devido a poluição atmosférica

A Cidade do México emitiu na segunda-feira um novo alerta de poluição atmosférica, o que significa que 40% dos veículos não poderão hoje circular e que as indústrias terão de cortar emissões.

O "smog" na Cidade do México

O "smog" na Cidade do México

MARIO GUZMAN

O smog na cidade de mais de 20 milhões de habitantes piorou em março, levando as autoridades a emitir os primeiros alertas numa década e a impor restrições ao trânsito.

As novas regras obrigam a que um em cada cinco carros fique fora das estradas diariamente, mas o alerta emitido na segunda-feira fará duplicar a proibição hoje. Cerca de 5,5 milhões de veículos circulam habitualmente na cidade.

A Comissão Ambiental da Megalópole, que inclui autoridades da capital e de estados circundantes, ordenou que as empresas de cimento, químicas, farmacêuticas, de petróleo e energia reduzam as emissões até 40%.

O alerta surgiu após os níveis de ozono chegarem aos 161 pontos, acima do limite dos 150.

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • "Juntos por Todos" hoje no palco em Lisboa
  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Esforço dos contribuintes para salvar bancos deve ser minimizado, diz Draghi
    1:49