sicnot

Perfil

Mundo

Grávidas vacinadas contra a gripe transmitem defesas aos filhos até aos 6 meses

Os bebés não podem ser vacinados contra a gripe até aos 6 meses, apesar da doença continuar a ser causa de morte em crianças pequenas. Há, no entanto, uma forma de as mães protegerem os seus filhos da gripe no primeiro meio ano de vida. Um estudo concluiu que filhos de mães vacinadas contra a gripe sazonal tinham 70% menos probabilidade de contrair a doença do que os bebés de progenitoras que não tinham sido vacinadas.

© Romeo Ranoco / Reuters (Arquivo)

"Grávidas imunes à gripe transmitem imunidade ao bebé através da placenta", explicou Julie H. Shakib, uma das autoras deste estudo da Academia Americana de Pediatria e professora na Universidade de Utah, nos Estados Unidos.

Shakib esclareceu ainda que "a imunidade das mães e de outras pessoas que vivam com a criança ou ajudem a cuidar dela previnem a gripe e a consequente e provável transmissão da doença ao bebé". Este conceito, designado pelos investigadores por "cocooning", contribui também, para reduzir o risco de gripe nos bebés até aos 6 meses.

A investigação não conseguiu ainda esclarecer quais dos processos contribuirá mais para proteger as crianças da gripe no primeiro meio ano de vida. O certo é que a vacinação da mulher durante a gravidez contribui para a redução do número de hospitalizações e complicações severas nas crianças vítimas de gripe.

  • Bebés que gatinham há mais tempo são mais cautelosos

    País

    Uma equipa de investigadoras portuguesas verificou que os bebés que gatinhavam há, pelo menos, seis semanas eram mais cautelosos perante o perigo do que os que tinham essa experiência há menos tempo. "As crianças que já gatinham bem e há mais tempo tomam decisões mais acertadas ao gatinhar", evitando mais situações de risco, disse à agência Lusa a investigadora Rita Cordovil, uma das autoras do estudo da Faculdade de Motricidade Humana.

  • Cérebro sob efeito do LSD idêntico ao de um bebé

    Mundo

    Um investigação britânica mostra pela primeira vez como o LSD (Dietilamida do Ácido Lisérgico) afeta a atividade do cérebro ao causar complexas alucinações visuais. Os cientistas realizaram experiências que mostram como os componentes psicadélicos afetam a atividade cerebral. Uma das conclusões foi que os efeitos do LSD tornam o cérebro de um adulto idêntico ao de um bebé, dado que a droga torna o cérebro menos compartimentado, libertando a mente. Os autores desta pesquisa consideram que os resultados permitem abrir caminho para a possibilidade de usar drogas psicadélicas no tratamento de doenças psiquiátricas.

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa. A Direção-Geral de Saúde vai divulgar ainda esta terça-feira as normas de orientação clínica para que os médicos possam lidar da melhor maneira com este surto.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Incêndio num estádio em Xangai destrói parte da bancada

    Mundo

    O Estádio Hongkou da equipa chinesa Shanghai Shenhua foi atingido esta terça-feira por um incêndio que acabou por danificar parte da bancada e algumas salas no interior da infraestrutura. Para o local, foi enviada uma equipa de bombeiros que conseguiu controlar as chamas.