sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 32 mil querem jantar nus em Londres

Jantar nu num restaurante é uma novidade que está a atrair milhares em Londres. "O primeiro restaurante nu de Londres" que oferece comida saudável às pessoas no seu "estado natural", dizem os responsáveis.

Restaurante de nudistas em Nova Iorque, em 2005.

Restaurante de nudistas em Nova Iorque, em 2005.

© Reuters Photographer / Reuters

Só abre em junho, mas as inscrições já ultrapassam as 32 mil e apenas 42 pessoas podem jantar de cada vez no Bunyadi, um restaurante em Londres mas cuja localização ainda é secreta.

À chegada ao restaurante, os clientes são convidados a tirar as roupas num vestiário e a vestir um robe. Que poderão tirar ou não durante a refeição.

Cada refeição custa 95 libras (120 euros) e é servida por empregados que estão semi-nus.

O cérebro por trás desta ideia, Sebastian Lyall, explica o conceito:

Número um: "A moda de comida saudável, comida limpa, comida nua. A nossa comida é produzida em casa. Os nossos talheres são comestíveis. Não temos nada feito de plástico, metal e não usamos eletricidade ou gás".

Número dois: "Libertação da tecnologia. Todos ficamos aborrecidos com as pessoas ao telemóvel enquanto comem. Por isso não se pode trazer qualquer tecnologia".

Número três: "Aqui entra a opção (de roupa). Estamos a criar uma atmosfera dentro do restaurante, se se sentir confortável, pode tirar o robe - que lhe damos à chegada".

Basta enviar um mail e aguardar, vestido, na longa fila de espera para uma vaga.

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.