sicnot

Perfil

Mundo

Nome ameaçador de rede wi-fi aterroriza passageiros de voo da Qantas

O nome de um hotspot wi-fi fez atrasar em mais de duas horas um voo da Qantas Flight que ligava Melbourne e Perth, no fim de semana.

reuters

O aparelho da companhia australiana preparava-se para levantar voo, quando soaram os sinais de alerta: um dos passageiros identificou um hotspot wi-fi com o nome "Mobile Detonation Device" (Dispositivo de Detonação Móvel) e avisou a tripulação.

“O piloto disse-nos o nome da rede wi-fi suspeita e começou uma inquietação geral na cabine. Disse que não descolaria enquanto o hotspot ameaçador não fosse entregue”, contou um dos passageiros.

Ao fim de meia hora, ninguém se identificou nem entregou qualquer telemóvel. As autoridades avaliaram que o sinal wi-fi era bastante forte e que o dispositivo responsável poderia estar localizado no terminal de passageiros e não no avião.

Foi então dada ordem para descolar, mas alguns passageiros recusaram viajar e decidiram abandonar o avião. O voo acabou por atrasar-se ainda mais, uma vez que as bagagens destes passageiros tiveram de ser retiradas. O aparelho ficou parado na pista durante duas horas, mas acabou por descolar.

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.