sicnot

Perfil

Mundo

ONU alerta que operação militar em curso no Iraque pode deslocar 30 mil civis

A operação militar iraquiana em curso contra o Daesh no norte do Iraque pode levar à fuga de 30.000 civis nas próximas semanas, alertou hoje a agência da ONU para os refugiados.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Thaier Al-Sudani / Reuters

Forças iraquianas e curdas apoiadas pela coligação liderada pelos Estados Unidos lançaram uma ofensiva em março na província de Nineveh, cuja capital, Mossul, é controlada pelo Daesh.

As forças ainda estão a cerca de 50 quilómetros a sul de Mossul, segunda maior cidade do Iraque, mas os confrontos já levaram à fuga de milhares de civis.

Um campo de refugiados em Debaqa, a leste de Makhmur, a principal zona de combates, já acolhe 8.000 pessoas, segundo o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR).

A agência abriu esta semana outro campo, na mesma zona, "em resposta ao número crescente de famílias recém-deslocadas".

"Cerca de 30.000 novos deslocados podem chegar a Makhmur nas próximas semanas com a continuação da ofensiva militar", afirmou num comunicado.

"O novo campo vai ajudar a aliviar a sobrelotação a que temos assistido desde os últimos combates", disse o chefe da unidade de resposta do ACNUR no terreno, Fred Cussigh.

Segundo algumas estimativas, cerca de um milhão de civis ainda vive em Mossul, principal bastião do Estado Islâmico no Iraque desde junho de 2014.

Desde o início desse ano foram registados 3,4 milhões de deslocados no Iraque.

Com Lusa

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato. 

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.