sicnot

Perfil

Mundo

Último preso dos protestos em Tiananmen será libertado em outubro

O último preso relacionado com os protestos pró-democracia na praça de Tiananmen, em 1989, será libertado em outubro deste ano, depois de as autoridades chinesas terem reduzido a pena aplicada em onze meses, divulgou hoje uma organização sediada nos Estados Unidos.

© Str Old / Reuters

Num comunicado, a organização Dui Hua, que defende os direitos dos presos na China, confirmou que Miao Deshun, de 51 anos, será libertado da prisão de Yanqing, em Pequim, a 15 de outubro, após mais de 27 anos na prisão.

"Recebemos esta notícia com alegria e esperamos que [Miao] receba os cuidados que necessita para voltar à sua vida normal, depois de ter passado mais de metade desta atrás das grades", frisou a organização.

Em 1989, Miao Deshun, um operário fabril, foi detido com outros quatro amigos na noite de 04 de junho, pouco depois de o exército chinês ter irrompido com tanques nas ruas de Pequim e de ter acabado, com recurso à força, com quase sete semanas de protestos pró-democracia.

A detenção aconteceu depois de "centenas ou milhares", segundo algumas fontes, de estudantes e de trabalhadores em greve terem morrido no massacre de Tiananmen, onde protestavam a favor de reformas democráticas no regime e contra a corrupção.

Após participar de confrontos com o exército, o jovem foi acusado de "fogo posto", por ter alegadamente arremessado um contentor contra um blindado em chamas.

Com base nesta acusação, o regime chinês condenou Miao Deshun à pena de morte, mais tarde comutada em prisão perpétua.

Desde então, os tribunais reduziram a pena por três ocasiões.

Na altura, muitos acusados foram condenados à pena capital ou à prisão perpétua, mas as autoridades chinesas acabaram por substituir algumas destas sentenças com penas menores.

Ao longo dos anos, milhares de presos acabaram por ser libertados, de acordo com os dados das organizações de defesa dos direitos humanos.

No conjunto, menos de 100 pessoas acabaram por ser executadas, segundo diversas fontes.

O estado de saúde de Miao pode ser uma das razões que motivou a redução da pena.

Segundo a Dui Hua, o homem terá contraído Hepatite B na prisão e sofre agora de esquizofrenia.

Lusa

  • Trump eleito personalidade do ano pela revista Time

    Mundo

    O Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, foi eleito personalidade do ano pla revista Time. O título é atribuído pela publicação norte-americana há quase 90 anos para distinguir a figura que marcou o ano.

  • Cerca de 100 mortos e dezenas de desaparecidos após sismo na Indonésia
    1:24
  • As camisolas de Natal da família real britânica

    Mundo

    O espírito natalício invadiu ontem o Museu Madame Tussauds, em Londres. Foram reveladas as novas figuras de cera da família real britânica - cada membro enverga uma camisola de espírito festivo, com cãezinhos "reais" e "gingerbreadmen" de gosto duvidoso.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • Com este vamos arrancar-lhe uma lagriminha!

    Mundo

    Nesta redação, não se vive só de notícias. Também gostamos de nos emocionar com o mundo virtual. Imbuídos pela quadra natalícia, decidimos partilhar este vídeo polaco consigo. O que é preciso para o emocionar? Um tema com uma mensagem simples e que nos faça lembrar que somos todos feitos de carne e osso. Um toque de humor. Um sentimento sazonal, mas nunca em excesso. Um cão [é preciso haver sempre um cão]. Um enredo e algum suspense que nos prenda ao écran. Algo que nos faça engolir em seco. Foi isto que fez um site de vendas online com um anúncio com o título: "Inglês para principiantes". Então? Atingimos o nosso objetivo? Com ou sem lágrima?

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54
    Futuro Hoje

    Futuro Hoje

    3ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    A Leica, das famosas máquinas fotográficas, abriu na semana passada a primeira loja em Portugal. Grande parte da produção da marca alemã é feita em Lousado, em Vila Nova de Famalicão, há 43 anos.