sicnot

Perfil

Mundo

Cientistas mantêm vivos embriões humanos in vitro durante tempo recorde

Cientistas conseguiram manter vivos embriões humanos, cultivados em laboratório, durante 13 dias, tempo para lá do período natural em que deveriam ter sido transferidos para o útero de uma mulher, revela hoje um estudo.

1997 - A UNESCO interdita a clonagem humana, estabelecendo critérios éticos para a investigação sobre o genoma humano e suas aplicações. Na imagem, embrião num primeiro estádio clonado em 2008.

1997 - A UNESCO interdita a clonagem humana, estabelecendo critérios éticos para a investigação sobre o genoma humano e suas aplicações. Na imagem, embrião num primeiro estádio clonado em 2008.

© Ho New / Reuters

Investigadores das universidades de Cambridge, no Reino Unido, e Rockefeller, nos Estados Unidos, interromperam deliberadamente o crescimento dos embriões antes dos 14 dias permitidos pela legislação britânica para os estudar.

Os laboratórios costumam manter o desenvolvimento dos embriões, fecundados 'in vitro', durante sete dias antes de os transferir para o útero da mulher, para que possam sobreviver. Até agora, não tinham sido cultivados para lá dos nove dias.

Segundo o estudo, publicado na revista Nature Cell Biology, a técnica usada pode melhorar os tratamentos de fertilidade, aprofundar as causas dos abortos involuntários e revolucionar o conhecimento sobre as primeiras etapas da vida humana.

Graças à técnica, os cientistas puderam estudar, pela primeira vez, a formação do epiblasto, a diminuta acumulação de células obtida aos dez dias de fecundação e que dará origem ao feto.

Para conseguir que os embriões continuassem a formar-se fora do útero materno, os investigadores conceberam um método químico que permitiu reproduzir o estado em que se encontrariam em condições naturais.

De acordo com o estudo, o método requer um meio rico em nutrientes e uma estrutura que possibilita ao embrião "implantar-se".

"O desenvolvimento embrionário é um processo extremamente complexo e, ainda que o nosso sistema, talvez, não possa reproduzir, por completo, todos os aspetos desse processo, permitiu revelar já uma capacidade importante de auto-organização dos blastocistos [embriões com cinco ou seis dias de vida], que, até agora, desconhecíamos", assinalou uma das autoras da investigação, Marta Shahbazi.

A principal causa dos abortos involuntários, nas primeiras fases da gravidez, por exemplo, é a incapacidade de alguns embriões implantarem-se no útero.

Em Portugal, é proibida a investigação científica com embriões humanos.

Lusa

  • Paulo Fonseca e Paulo Sousa fora da Liga Europa

    Liga Europa

    A segunda mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa ficou marcada pelas eliminações de duas equipas treinadas por portugueses: a Fiorentina de Paulo Sousa e o Shakhtar Donetsk de Paulo Fonseca. Paulo Bento, no Olympiacos, e José Mourinho, no Manchester United, são os únicos técnicos lusos ainda em competição. Noutros jogos, destaque para os afastamentos do Tottenham e do Zenit. Veja aqui os resumos de todos os encontros desta noite europeia. O sorteio dos oitavos-de-final está agendado para esta sexta-feira, às 12h00, hora de Lisboa.

  • PSD questiona funcionamento da Assembleia da República
    2:39

    Caso CGD

    O PSD e o CDS vão entregar esta sexta-feira no Parlamento o pedido para criar uma nova Comissão de Inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos. Os dois partidos reuniram-se esta quarta-feira para fechar o texto do requerimento. Durante o dia, o PSD considerou que o normal funcionamento da Assembleia da República está em causa, o que levou Ferro Rodrigues a defender-se e a garantir que está a ser imparcial.

  • Marcelo rejeita discussões menores na banca
    0:32

    Economia

    O Presidente da República avisa que não se devem introduzir querelas táticas e menores no sistema financeiro. Num encontro que reuniu publicamente Marcelo e Centeno, o Presidente diz que é preciso defender o interesse nacional.

  • Casos de cancro nos pulmões diminuem
    3:08

    País

    O mapa do cancro em Portugal está a mudar, pela primeira vez os casos de cancro do cólon ultrapassaram os do pulmão. A proibição de fumar em locais públicos tem levado à diminuição dos casos de tumores pulmonares.

  • Túnel descoberto em cadeia brasileira tinha ligação a uma habitação
    0:44

    Mundo

    A polícia brasileira descobriu um túnel que ligava a cadeia de Porto Alegre a uma casa e serviria para libertar prisioneiros do estabelecimento. As autoridades detiveram sete homens e uma mulher no local. A construção permitiria uma fuga massiva que poderia chegar aos 200 mil fugitivos e estima-se que terá custado mais de 300 mil euros. A polícia do Rio Grande do Sul acredita, assim, ter impedido aquela que seria a maior fuga de prisioneiros de sempre no Estado brasileiro.

  • Três dos planetas encontrados podem conter água e vida
    3:28