sicnot

Perfil

Mundo

Enviado da ONU alerta para desfecho "catastrófico" em Alepo

O enviado da ONU para a Síria apelou hoje ao fim dos combates em Alepo, a segunda cidade do país, e alertou para um desfecho "catastrófico" caso não sejam interrompidos os confrontos.

© Abdalrhman Ismail / Reuters

"A alternativa é verdadeiramente catastrófica, porque poderemos assistir à deslocação de 400.000 pessoas em direção à fronteira com a Turquia", referiu Staffan de Mistura após conservações em Berlim com os ministros dos Negócios Estrangeiros da França e Alemanha.

As conversações de Berlim, que também incluíram o principal líder da oposição, Riad Hijab, incluem-se numa semana de intensa atividade diplomática, e quando os negociadores tentam preservar uma trégua à beira do colapso.

De Mistura sublinhou que o recomeço das conversações de paz permanece dependente do cessar-fogo.

"Agora, o teste é Alepo", disse.

O ministro alemão dos Negócios Estrangeiros, Frank-Walter Steinmeier, e o seu homólogo francês, Jean-Marc Ayrault, também emitiram alertas no mesmo sentido.

"Se não for garantido um cessar-fogo nas próximas horas em Alepo, tudo pode entrar em colapso", referiu Ayrault.

"Todas as esperanças que colocámos no processo de paz desapareceriam, mesmo que seja uma necessidade para os sírios e todos os refugiados que pretendem regressar para viver no seu país", acrescentou.

A guerra na Síria fez já mais de 270 mil mortos desde 2011, de acordo com a organização não-governamental Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Lusa

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.