sicnot

Perfil

Mundo

Vírus Ébola permanece até 12 meses no esperma de sobreviventes

O vírus Ébola mantém-se no esperma de sobreviventes à infeção até 12 meses após a sua cura, segundo um novo estudo realizado na Guiné-Conacri que confirma anteriores levados a cabo na Serra Leoa.

Espermatozóide humano.

Espermatozóide humano.

M-H Perrard

Neste estudo, publicado na revista médica Journal of Infectious Diseases, investigadores franceses e guineenses acompanharam durante um ano 450 doentes curados, nos quais efetuaram colheita de fluidos corporais (lágrimas, saliva, fezes, urina, fluidos vaginais e esperma).

Realizaram, mais precisamente, 98 recolhas de esperma em 68 homens. O vírus Ébola foi detetado em oito deles, passados nove meses sobre a sua cura.

Os investigadores demonstraram igualmente que a persistência do vírus no líquido seminal diminuía com o tempo: o vírus estava presente em 28,5% das amostras recolhidas entre o primeiro e o terceiro meses, em 16% das efetuadas entre o quarto e o sexto meses e em 6,5% daquelas cujas colheitas ocorreram entre o sétimo e o nono meses após terem sido declarados curados da infeção.

Entre o 10.º e o 12.º meses, o vírus já só estava presente em 3,5% das amostras, antes de desaparecer totalmente ao fim de um ano.

É a segunda vez que um estudo mostra que restos do vírus podem ficar durante um longo período de tempo no organismo das pessoas curadas, o que representa um perigo para os cônjuges, que poderão contaminar.

Um estudo realizado na Serra Leoa e publicado em outubro demonstrava já que perto de 26% dos homens cujo esperma fora testado entre sete e nove meses após a cura da infeção apresentava ainda resultado positivo para a presença do vírus.

O Ébola devastou três países da África Ocidental (Serra Leoa, Libéria e Guiné-Conacri) desde o fim de 2013, infetando quase 25.000 pessoas e fazendo mais de 11.000 mortos.

Estes resultados "sublinham a necessidade de recomendar, ao nível internacional, a utilização de preservativos pelos sobreviventes nos meses seguintes à cura", defendeu hoje o Instituto de Investigação para o Desenvolvimento, que realizou o estudo na Guiné-Conacri em colaboração com o Inserm (Instituto Nacional da Saúde e da Investigação Médica francês) e o Instituto Pasteur.

Lusa

  • Biológicos nas escolas e nos telemóveis

    País

    O Governo vai criar o Dia Nacional da Alimentação Biológica e uma estratégia que passa por distribuir produtos biológicos nas escolas e criar uma aplicação móvel para os portugueses poderem localizar unidades de produção ou comercialização de produtos biológicos, segundo a Estratégia Nacional que será hoje apresentada.

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.