sicnot

Perfil

Mundo

Califórnia eleva idade legal para fumar para os 21 anos

O governo do estado norte-americano da Califórnia elevou a idade legal para fumar dos 18 para os 21 anos, dentro de um conjunto de medidas legislativas que regulam também os cigarros eletrónicos, segundo o Los Angeles Times.

AP

Após a aprovação no Senado estatal no passado dia 10 de março, o projeto de lei aguardava apenas a assinatura final do governador, o democrata Jerry Brown, que rubricou a nova norma na quarta-feira.

Deste modo, a Califórnia, o estado mais povoado dos Estados Unidos, com 39 milhões de habitantes, juntou-se ao Havai. Os dois estados têm agora a idade requerida para fumar mais elevada dos Estados Unidos.

Este novo pacote de medidas sobre o tabaco foi aprovado apesar da rejeição da maioria dos deputados republicanos.

O senador democrata Ed Hernández, impulsionador da iniciativa, assinalou em março que a medida vai salvar vidas porque fará com que menos adolescentes comecem a consumir tabaco.

Hernández disse ainda que a "feroz" oposição da indústria tabaqueira a este projeto de lei demonstra que o seu modelo de negócio se baseia em "promover e vender este veneno" às "crianças".

A regulação californiana proíbe também que os cigarros eletrónicos sejam usados em restaurantes, teatros, cinemas e outros espaços públicos onde o tabaco tradicional já era proibido.

Lusa

  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.