sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 28 mortos em bombardeamento de campo de deslocados

Pelo menos 28 pessoas morreram hoje, entre as quais mulheres e menores, num bombardeamento militar de um campo de deslocados no norte da província setentrional síria de Idleb, indicou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Alexander Kots / AP

A organização não-governamental não precisou se os aviões de combate eram do exército sírio ou da força aérea russa.

O ataque aéreo atingiu um campo de deslocados perto da aldeia de Sarmada, no norte de Idleb, quase totalmente controlada pela Frente al-Nusra, braço sírio da Al-Qaida, e seus aliados.

Este bombardeamento coincide com uma trégua de 48 horas hoje iniciada na cidade de Alepo que, nos últimos 13 dias, foi a cidade mais castigada pelos ataques aéreos das forças leais ao Governo de Damasco.

Durante o dia de hoje, o som dos bombardeamentos desapareceu da cidade, a maior do norte da Síria, onde 285 morreram nas duas últimas semanas, de acordo com os dados do Observatório.

A trégua em Alepo entrou em vigor após um acordo alcançado na quarta-feira entre Estados Unidos e Rússia para salvar o cessar-fogo declarado em toda a Síria a 27 de fevereiro passado e cujo futuro estava em perigo, devido à escalada da violência na cidade.

Lusa

  • Incêndio destrói igreja em Ponte da Barca
    1:49

    País

    Um incêndio destruiu na última madrugada a Igreja de Lavradas, em Ponte da Barca. A Polícia Judiciária de Braga está a investigar as causas do fogo, mas tudo aponta para um curto-circuito.

  • Bairro em Loures não tem luz há mais de um ano
    2:30

    País

    O bairro da Torre, junto ao aeroporto de Lisboa mas ainda no concelho de Loures, não tem eletricidade nem nos postes, nem nas casas. A EDP e os moradores nunca chegaram a acordo para uma solução de pagamento coletivo e a empresa, para acabar com as puxadas eléctricas ilegais, decidiu cortar de vez o abastecimento há mais de um ano.